sexta-feira, 20 de julho de 2018

Trailer de Young Justice: Outsiders apresenta novas ameaças e personagens


Após seis anos, já que a 2ª temporada terminou em 2013, Young Justice finalmente está de volta para sua tão aguardada 3ª temporada.

Intitulada Young Justice: Outsiders, a nova temporada ganhou um painel especial na San Diego Comic Con, e como já era de se esperar, um trailer foi exibido, apresentando algumas coisas que teremos no novo ano.



Já havia sido divulgado anteriormente que a série só irá estrear em 2019 no DC Universe, serviço de streaming da DC Comics. Foi divulgado também que a temporada terá um total de 26 episódios, e que a história será centrada no tráfico de DNA meta-humano para a criação de armas, e é justamente isso que o trailer mostra.

Foto: Reprodução da Internet
Os primeiros dois minutos e meio são focados em uma homenagem a Wally West, o Kid Flash, que “morreu” no final da 2ª temporada. Algumas cenas são apresentadas mostrando Wally ao lado de Artemis, e também ao lado do Flash e de Impulso. Após esse momento emocionante para os fãs, o material inédito é exibido, e já começa focando no tema central da temporada, que como já falei anteriormente, é o tráfico de DNA meta-humano.

As cenas são mais focadas em apresentar os novos personagens que irão aparecer, além é claro, de trazer personagens já conhecidos pelo público. Um dos novos personagens é o Geoforça, que será dublado pelo ator Troy Baker. São mostrados também Spoiler, Super Choque, Moça Maravilha, o novo Kid Flash, Solstícios e alguns outros personagens que não são possíveis identificar ainda.

Foto: Reprodução da Internet
Um ponto interessante é ver que teremos alguns vilões inéditos na temporada, entre eles temos ninguém menos que Lobo, um personagem que possui grande popularidade entre os fãs da DC. Como Darkseid irá aparecer na temporada, os Novos Deuses também se farão presente, e no trailer temos o vislumbre de um, Órion de Nova Gênese.

Infelizmente não foi revelado muito a respeito da história, então tudo que resta aos fãs é esperar até 2019 para poder acompanhar a nova temporada. E vamos torcer para que a série volte com o mesmo sucesso e força que tinham, pois, quem sabe, uma 4ª temporada não se torne possível? Tudo isso depende dos fãs.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Titãs aposta em conteúdo adulto em seu primeiro trailer


Depois de muita espera, finalmente o DC Universe liberou o trailer de Titãs, sua primeira série original, e que será lançada ainda este ano.

Resolvi fazer essa matéria justamente para falar um pouco sobre o que eu achei em relação ao que foi mostrado e o que podemos esperar da 1ª temporada.



O interessante é que o trailer já começa com um aviso informando que o material exibido contem cenas fortes, e é justamente isso que acontece. Para uma série de super-herói, e ainda mais heróis como os Titãs, temos muito sangue e palavrões no trailer. O fato de Titãs ser exclusivo para o streaming da DC dá a liberdade para que o foco seja em um público mais maduro, abordagem que vem fazendo sucesso entre os fãs de quadrinhos.

Foto: Reprodução da Internet
Mesmo apresentando todos os personagens centrais, o trailer é focado mais no Robin, Dick Grayson, e em Ravena, o que faz bastante sentido, já que a temporada dará foco na história de ambos. Porém, também é possível ver cenas de Mutano e Estelar, além de cortes rápidos apresentando Columba e Rapina.

Após muitos comentários, finalmente foi possível ver a Estelar usando um pouco de seus poderes, e sinceramente foi muito legal, mesmo não tendo agradado a todos ainda. Como a série é a primeira produção original do serviço, não foi investido muito dinheiro, então, o jeito é esperar e ver como vai ficar, e também apostar que a trama será boa. 

Foto: Reprodução da Internet
Podemos também ver bem rapidamente a pele verde do Mutano, que infelizmente não deverá ser muito explorado durante a 1ª temporada. Mesmo com a participação da Patrulha do Destino em um dos episódios da série. Possivelmente o personagem terá mais destaque durante a 2ª temporada, caso a série seja renovada.

Como foi dito, Robin é o destaque do trailer e mesmo sendo Dick Grayson, tem as atitudes de Jason Todd, o segundo Robin, que também irá aparecer na série. Vai ser interessante ver Dick se desenvolver e colocar em xeque sua relação com o Batman. É visível também que o personagem deverá deixar de lado o manto de Robin  por um tempo, até se tornar Asa Noturna.

E por fim temos Ravena, que de fato será o foco principal da temporada. Pelo trailer, os efeitos não parecem muito chamativos, e é o único ponto baixo para mim. Porém, espero que seja melhorado na série. Vai ser legal ver o desenvolvimento da personagem, e mostrá-la descobrindo seus poderes e quem realmente é. Boatos fortes de que seu pai, o demônio Trigon, poderá aparecer na série.

Foto: Reprodução da Internet
No mais, a série é uma boa aposta para o gênero, e infelizmente, teremos que esperar até que ela seja lançada para poder comentar mais. Pelo que foi divulgado, a série será exibida na temporada de outono, ou seja, está perto.

Espero sinceramente que a série vingue e que os fãs gostem, pois, os Titãs sempre foram uma das equipes mais queridas dentro da DC Comics, e claro que eles merecem uma série a altura dessa grandiosidade.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Nova geração de heroínas e heróis da Marvel chega na televisão


A Marvel teve o seu auge em animações durante a década de noventa e inicio dos anos 2000. De lá pra cá a casa das ideias tenta emplacar projetos animados com a mesma força que seus longas metragens nos cinemas.

Quando o assunto é "desenhos da Marvel", os fãs mais antigos irão rapidamente lembrar de Quarteto-Fantástico (1978) e Homem-Aranha e seus Incríveis Amigos (1981). Os noventistas com certeza recordam de X-Men: A Série Animada (1992), Homem-Aranha: A Série Animada (1994) e um pouco mais à frente X-Men: Evolution (2000). A Marvel viveu um ótimo período com suas produções televisivas em desenho animado, mas o que veio à seguir não teve o mesmo impacto, dando espaço à "concorrente" que lançou produções memoráveis nesse segmento.

A Marvel viveu uma fase memorável nos anos 90 com suas animações - Foto: Reprodução internet

Pegando carona no sucesso dos Vingadores, a Marvel lançou novas produções focadas no público infanto-juvenil. Títulos como Os Vingadores: Os Super-Heróis mais Poderosos da Terra (2010), Guardiões da Galáxia (2015) e mais recentemente Marvel Homem-Aranha (2017) já chamavam mais atenção, sobretudo devido à popularidade que a empresa construiu nessa última década com o MCU.

Em seu canal oficial no YouTube, a Marvel divulgou o primeiro trailer de uma série de curtas animados intitulado Marvel Rising: Initiation (trailer abaixo). A nova aposta da empresa é trazer personagens novos que conquistaram um espaço na geração atual e deixar um pouco de lado os clássicos que o grande público conhece e acompanhou durante todos esses anos.



O selo Marvel Rising, também ganhou uma série de quadrinhos focando na nova equipe com o título de "Alpha". Em "Initiation", a animação teremos, a Gwen Stacy (Aranha Fantasma - Dove Cameron), personagem que ficou amplamente conhecida após o arco Spider-Verso, Kamala Khan (Ms. Marvel - Kathleen Khavari), Doreen Green (Garota-Esquilo - Milana Vanyntrub), Rayshaun Lucas (Patriota - Kamil McFadden) e Daisy Johnson (Tremor - Chloe Bennet), que faz o mesmo papel de Agents of S.H.I.E.L.D.

Nos curtas veremos Gwen Stacy sendo incriminada pelo assassinato de sua amiga, o que faz com que heroína seja caçada por Kamala Khan, a Ms. Marvel, Garota Esquilo, Patriota e a Tremor, tudo isso culminará em um filme animado com um nome semelhante, Marvel Rising: Secret Warriors que irá trazer outros personagens como Capitã Marvel, Inferno, America Chavez e os mascotes Dentinho e Tippy-Toe. Muito bom, heim? A diretora de conteúdo da Marvel Sana Amanat afirma que o longa animado fará parte de um universo multiplataforma e o primeiro passo já foi dado com a série de TV e os quadrinhos.

Marvel Rising: Secret Warrios, o filme que irá reunir todos os personagens - Foto: Marvel

Enquanto Secret Warriors (o filme) segue sem data de lançamento, a série Initiation está programada para estrear no dia 13 de Agosto no Disney XD. Outros detalhes serão revelados durante a San Diego Comic Con que acontece essa semana.

Confira a programação completa da San Diego Comic Con 2018


Estamos as vésperas da San Diego Comic Con, e para muitos fãs de quadrinhos, cinema e séries, nada mais importa a não ser esse grande evento, já que muitas novidades serão divulgadas pelos estúdios. 

Infelizmente este ano não teremos a participação da Marvel Studios no evento e a HBO não levará suas maiores séries, Game of Thrones e Westworld. Porém, isso não significa que a programação está fraca, muito pelo contrário, está ainda mais impressionante. 

Pensando justamente nisso foi que resolvi trazer um Mega Guia com os dias e conteúdos dos painéis mais aguardados da SDCC, para que você, fã, possa se manter atualizando durante os 4 dias do evento.

Quarta-feira, 18 de julho
  • Premiere de Manifest e exibição especial de Sneak Peeks
O painel contará com a premiere de Manifest, nova série da NBC, além da exibição de sneak peeks exclusivos de séries inéditas. Também serão exibidos episódios inéditos das novas temporadas de The 100 e de Freedom Frighters: The Ray.
  • Painel da New Line
O painel contará com dois dos próximos sucessos da New Line, A Freira e IT – A Coisa: Capítulo 2, além de anúncios de futuros filmes.

Quinta-feira, 19 de julho
  • Painel do Disney Channel com Star vs. The Forces of Evil e Big City Greens
  • Painel da 20th Century Fox
Foto: Reprodução da Internet
A Fox apresentará no Hall H um painel voltado exclusivamente para Predador. Por enquanto, não foi feito nenhum anúncio sobre Fênix Negra e Novos Mutantes estarem presentes durante o painel.
  • Painel de Siren, série da Freeform
  • Painel de Mars, série da National Geographic
  • Painel de Charmed, nova série da The CW
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Doctor Who
O Hall H receberá o painel de Doctor Who. Teremos a apresentação do elenco da nova temporada, além do novo showrruner da série. É esperado que a BBC lance o trailer da 11ª temporada e revele a  data de exibição.
  • Painel especial do 10º aniversário de Star Wars: The Clone Wars
  • Painel de Impulse, série original do YouTube
  • Painel sobre a franquia Stargate
  • Painel de Tell Me a Story, nova série da CBS All-Access
  • Painel especial do 50º aniversário de Odisseia no Espaço
  • Painel de Origens, série original do YouTube
  • Painel de The Discovery of Witches, nova série da Sky One
  • Painel especial de Arquivo X
  • Painel de The Toy That Made Us, série da Netflix
  • Painel de Rise of the Teenage Mutant Ninja Turtles
  • Painel de Dragon Ball Super
Foto: Reprodução da Internet
Uma das maiores franquias de animes marcará presença no Hall H durante o segundo dia da San Diego Comic Con. Provavelmente teremos surpresas durante o painel.
  • Painel da Marvel Animation com Marvel Rising
Mesmo com a Marvel Studios não estando presente para mostrar seus próximos lançamentos, a Animation irá apresentar sua próxima animação Marvel Rising: Secret Warriors.
  • Painel de Better Call Saul
  • Painel de Van Helsing, série do Syfy
  • Painel especial de 10 anos de Breaking Bad
  • Painel especial dedicado ao filme da Supergirl de 1984
  • Painel de Z Nation
  • Painel da equipe de desenvolvimento visual da Marvel Studios
  • Painel de Crazy Ex-Girlfried: The Final Curtain Call
O painel contará com a presença do elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Punho de Ferro
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Brooklyn Nine-Nine
Elenco da série, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Mr. Mercedes, série da Audience Network
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.

Sexta-feira, 20 de julho
  • Painel de Young Justice: Outsiders, série do DC Universe
Foto: Reprodução da Internet

Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Hora de Aventura
  • Painel de Voltron: Legendary Defender
  • Painel de Fear Walking Dead
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Vikings
  • Painel de figurinos de Pantera Negra
  • Painel de Teen Titans Go! To the Movies
  • Painel de The Walking Dead
  • Painel de DC Super Hero Girls
  • Painel da premiere mundial de Castle Rock, nova série da Hulu
  • Painel de Invader Zim: Enter the Florpus!
  • Painel de Star Trek: Discovery
  • Painel da Universal Pictures
Foto: Reprodução da Internet
A Universal apresentará no Hall H dois de seus maiores lançamentos, Glass e o novo filme de Halloween. O painel contará com o elenco dos filmes, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel Bumblebee
O novo filme da franquia Transformers terá um painel no Hall H, que contará com o elenco do filme, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Manto e Adaga, série da Marvel pela Freeform
Elenco da série, material inédito deverá ser exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel da Sony Pictures
Foto: Reprodução da Internet
A Sony apresentará no Hall H dois de seus próximos lançamentos, Venom e Spider-Man: Into the Spider-verse. O painel contará com o elenco dos filmes, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de The Last Sharknado: It’s About Time
Elenco do filme, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel especial do 25º aniversário de O Estranho Mundo de Jack
  • Painel de Preacher
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.

Sábado, 21 de julho
  • Painel de Steven Universe
  • Painel lenda e legado de Avatar: A Lenda de Aang
  • Painel da Warner Bros
Foto: Reprodução da Internet
A Warner retorna ao Hall H e levará seus próximos lançamentos: Animais Fantásticos e os Crimes de Grindelwald, Aquaman, Shazam! e Mulher Maravilha 1984. O painel começa as 14h30 e irá até as 16h30, pelo horário de Brasília. Teremos a presença do elenco dos filmes, material inédito, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Black Lightning 
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de The Dragon Prince, nova série animada da Netflix
  • Painel dos Simpsons
  • Painel de Krypton
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Big Hero 6 The Series, série animada da Disney Channel
  • Painel de The Gifted
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Midnight Texas
  • Painel de Supergirl
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de The Orville
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Arrow
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de The Man in the Hight Castle
  • Painel de Batman: The Animated Series
  • Painel de Legends of Tomorrow
Elenco  da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Deadpool 2
  • Painel de The Purge: Do cinema para a TV
  • Painel de The Flash
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de The Magicians
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de Meu Vizinho Totoro
  • Painel de Crazy Ex-Girlfriend Live
  • Painel de Twin Peaks
  • Painel de Deadpool 2: Exibição da versão do diretor
Doming, 22 de julho
  • Painel de Scooby-Doo! And the Gourmert Ghost
  • Painel de Supernatural
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de LEGO Ninjago
  • Painel de Riverdale
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel de DC Super Hero Girls: Legends of Atlantis
  • Painel da Marvel Animation
  • Painel da premiere mundial de LEGO DC Comics Super Heroes: Aquaman: Rage of Atlantis
  • Painel de Legion
Elenco da série, material inédito será exibido, além de uma sessão de perguntas e respostas com a plateia.
  • Painel do 25º Aniversário de X-Men: The Animated Series
  • Painel de Buffy: A Caça Vampiros
Essa é toda a programação dos quatro dias da San Diego Comic Con. Na segunda-feira, dia 23, irei postar um grande resumo com os melhores momentos do evento, mostrando um pouco das novidades que foram apresentadas pelos estúdios. Fiquem ligados.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

A Hora do Lobisomem traz história dinâmica e intensa sobre uma das mais icônicas criaturas da noite


Stephen King, mesmo para aqueles que não são familiarizados com o seu trabalho, é um nome que automaticamente chama atenção. Responsável por inúmeros best-sellers com cada vez mais adaptações cinematográficas baseadas em seus livros, King é um dos autores mais conhecidos do mundo e, em grande parte, pela sua contribuição ao universo do terror, sendo publicado há muitos anos no Brasil. Foi recentemente lançado pela Suma de Letras a coleção Biblioteca Stephen King, que traz alguns dos grandes títulos do rei do horror em capa dura, e é exatamente um desses trabalhos que trago hoje para comentar.

A Hora do Lobisomem (Cycle of the Werewolf) foi originalmente lançado em 1983 e até já teve uma adaptação para os cinemas (Silver Bullet - 1985). A obra segue os relatos periódicos de perturbadores assassinatos que tem ocorrido na pequena cidade de Tarker's Mill. Cada capítulo é dedicado para cada mês do ano, contando brevemente histórias relativamente independentes que aos poucos vão se interligando até o desfecho da história.

King não cria suspense para dizer que o assassino é um Lobisomem, uma das mais temidas e famosas criaturas da noite. Em rápidos contos, o leitor se depara com uma série de ataques feitos pela besta sem qualquer discriminação que nem mesmo poupa crianças da sua voracidade e que traz apenas uma certeza: naquela lua cheia, haverá uma morte.

O compartilhamento da narrativa em meses cria uma leitura dinâmica e simples, mas que prende o leitor - Foto por: Mega Hero.

Há uma simplicidade, que deveria ser esperada de uma história sobre o Lobisomem, aonde o chegar da lua cheia em uma pacata cidade traz um evento trágico sem grandes batalhas ou cenas épicas. É o puro terror do ataque da besta e a qualidade indefesa das vítimas em que Stephen King se apoia para rapidamente revelar quão mortal é um Lobisomem.

É uma pena que a história recente da literatura e dos cinemas tem usado essa criatura de maneira tão exagerada, utilizando-a em meio a grandes embates com vampiros ou como um animal qualquer que não consegue nem se sustentar em uma história sobre si mesmo. Já outros casos focam tanto no lado humano do Lobisomem que não conseguem criar um thriller para prender o leitor/espectador.

Com a Hora do Lobisomem acontece o oposto. Em uma breve leitura (literalmente, tomei poucas horas para terminar o livro), fiquei completamente preso à narrativa que segue de uma maneira bastante natural a história. Além disso ela é acompanhada das vivas ilustrações de Bernie Wrightson que em muito contribuem para dar vida ao ser.

A arte de Bernie Wrightson contribui para construir a figura do Lobisomem - Imagem: Reprodução Internet.

Pistas são deixadas ao longo do caminho para dizer qual a verdadeira identidade do Lobisomem que não demora muito para ser desmascarado, ao mesmo tempo, somos apresentados a Marty Coslaw, um garoto paraplégico de 10 anos que se depara com a besta e precisa lutar por sua vida.

E rapidamente a história chega a um fim, amarrando a maioria das narrativas trazidas nos capítulos anteriores e deixando um sentimento de satisfação em um clássico que honra Stephen King como um dos mestres do horror.

Não apenas isso, a leitura fácil é bem complementada pela mais recente edição da Suma de Letras, que se destaca pela qualidade (particularmente tenho uma queda por livros em capa dura), mas traz também, ao final, artes de quatro ilustradores brasileiros que vem honrar a obra com as representações das suas cenas favoritas.

Ficha Técnica:
Título: A Hora do Lobisomem (Cycle of the Werewolf)
Autor: Stephen King
Tradução: Regiane Winarski
Editora: Suma de Letras
Capa: Alceu Chiesorin Nunes
Ilustração: Bernie Wrightson
Número de páginas: 152

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Freddy vs Jason vs Ash: A sequência que só aconteceu nos quadrinhos


Em 2003, Freddy vs Jason estreou nos cinemas, reacendendo duas franquias de terror amplamente populares: Hora do Pesadelo e Sexta-Feira 13. O crossover não foi só o sonho dos fãs se tornando realidade, como mostrou que pode ser divertido e lucrativo reunir mundos diferentes.

O encontro dos ícones Freddy Krueger e Jason Vorhees já havia sido planejado no final dos anos 90, o longa Jason Vai Para o Inferno (1993) já deixava uma pista que o crossover iria acontecer. Mas devido a vários impasses, o filme que reunia os personagens só aconteceria dez anos depois. Freddy vs Jason (2003) rapidamente se tornou um cult entre os fãs dos gêneros mesmo com críticas mistas.

O filme deixava um final em aberto que foi feito de proposito para puxar uma sequência. Foi especulado na época que outros ícones como Michael Myers (Halloween) Pinhead (Hellraiser) e até mesmo Chucky poderiam fazer parte desse universo compartilhado que infelizmente (ou felizmente) nunca aconteceu.

Mas o único personagem que legitimamente chegou realmente a ser cogitado foi Ash Williams da franquia Evil Dead. Fato que foi confirmado anos depois com notas de produção de Freddy vs Jason 2 feitas pela própria New Line. A história com Ash nunca foi para os cinemas, mas foi nas páginas dos quadrinhos que ela ganhou vida.

Em 2007 depois de vários discussões entre a New Line em fazer Freddy vs Jason 2, a Editora Dynamite tomou as rédeas e publicou em seis edições Freddy vs Jason vs Ash. A história começava com Laurie e Will, sobreviventes do filme que retornam a Crystal Lake cinco anos depois, que é rebatizado para Forest Green para esconder os terrores do passado.

Laurie está convicta que Freddy e Jason ainda estão vivos de alguma maneira e ela descobre da pior forma que o assassino de máscara de hockey realmente ainda estava por ali. Os dois são mortos brutalmente, aliás, os ilustradores desse quadrinho não poupam esforços para mostrar toda força e brutalidade de Jason e Freddy Krueger.

Ash viaja até Crystal Lake atrás do Necronomicon - Foto: Reprodução internet

O inicio do quadrinho é narrado por Ash Williams, que continua sua luta contra os demônios (Deadites) e está a procura do Necronomicon, o livro dos mortos. Os fãs mais atentos e fervorosos de Sexta-Feira 13 irão fazer uma conexão imediata do livro com essa história. Em Jason Vai para o Inferno (1993), o Necronomicon aparece como um easter-egg na cabana de Jason. Proposital ou não, o artefato é o mote da história. Krueger precisa ler as palavras mágicas para se libertar da mente de Jason e voltar a aterrorizar o mundo.

Ilustrações precisas em Freddy vs Jason vs Ash - Foto: Reprodução internet

O quadrinho é bem fiel ao gênero que os dois personagens pertencem, o Slasher. Várias situações clássicas como: adolescentes fumando, adolescentes fazendo sexo e adolescentes falando e fazendo besteiras são corriqueiras durante os seis volumes o que torna tudo mais verossímil e interessante de ler. Ash é muito bem retratado, não só fisicamente como também sua personalidade e toda a história que o "herói" passou. Jason e Freddy são exatamente iguais às telonas e recebem um "plus" pela liberdade que o quadrinho oferece, fazendo com que as mortes sejam mais criativas e os poderes de Freddy sejam muito mais explorados.

No final o saldo é positivo. Freddy vs Jason vs Ash é um quadrinho que você consegue ler em apenas uma sentada. Apesar de não ter grande profundidade e detalhar mais elementos fantásticos de dois dos maiores ícones do terror de todos os tempos, ele ainda ousa em contar como Jason viveu todos esses tempos e a inserção de Ash nesse universo não parece forçada e instiga o leitor em querer ler outras histórias com o personagem. Mas não se desesperem, esse quadrinho ganhou uma continuação.

Ficha Técnica

Título: Freddy vs Jason vs Ash
Editora: Dynamite Entertainment e Wildstorm
Roteiro: Jeff Katz e James Kuhoric
Arte: Jason Craig
Cores: Thomas Mason
Capa: J. Scott Campbell e Eric Powell
Número de páginas: 144 páginas (Versão definitiva publicada pela Wildstorm em 2008)