segunda-feira, 20 de julho de 2015

GATE - Primeiras impressões


A premissa de Gate: Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakaeri é simples como diz o próprio nome – um portal para outro mundo abre e o Japão é invadido e agora deve lidar com o inimigo. Um enredo que se vale da ideia do Japão de estabelecer relações diplomáticas com um mundo fantástico. Em sua essência, o anime é bem parecido com Outbreak Company, mas, diferente deste, as relações entre o Japão e esse outro mundo não começam muito amigáveis.

 O material original de Gate surgiu anteriormente ao de Outbreak Company e tem mais potencial para apresentar um enredo mais político e interessante. Entretanto, sinto comunicar a vocês que o primeiro episódio de Gate não foi muito satisfatório.

 O primeiro episódio de Gate, em relação ao primeiro capítulo do material original, cometeu o que, em minha opinião, foi um grande erro. O foco do episódio está completamente centrado no personagem principal, o otaku Itami Youji, e altera consideravelmente a perspectiva dos acontecimentos inicias para atingir esse objetivo.


 Eu reconheço que, por ser uma adaptação, o anime não tem nenhuma obrigação de ser totalmente fiel ao mangá, mas o caminho tortuoso que essa nova série tomou deixa de fora muitas das coisas que tornam o primeiro capítulo do material original algo interessante e intrigante.

 Uma grande quantidade de interação e diálogo entre políticos de ambos os mundos durante o breve conflito que se dá após a abertura do portão mágico foi substituído por um mero comunicado oficial de um “alguém” do governo japonês, que é muito menos interessante do que os personagens que são mostrados originalmente. No mangá, o evento da invasão é o foco e os eventos em torno dele são relevantes. Infelizmente, tudo isso parece ter sido desconsiderado, sem falar em uma pitada de censura na falta de algumas cenas que fazem a invasão ter algum impacto.


 É possível que algumas dessas partes tenham sido guardadas para os próximo episódios, mas, se o primeiro episódio for um exemplo do que será o resto, esse é provavelmente um anime que eu não me interessarei em acompanhar.

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário