segunda-feira, 27 de julho de 2015

Acordo com Tony Isabella pode elevar Raio Negro para um merecido patamar na DC Comics


Um dos primeiros super-heróis negros da DC Comics, o personagem Raio Negro pode iniciar um caminho promissor em futuros projetos. Dentro de um entrave jurídico entre a empresa e o seu criador, Tony Isabella, o super-herói agora poderá ser melhor explorado não só nos quadrinhos quanto em outras mídias, tudo por conta de um recente acordo entre a editora e o roteirista.

"Minha conversa com Geoff (Johns, Chefe Criativo da DC) ainda permanecerá em sigilo. Mas posso adiantar que temos planos maiores para o Raio Negro", postou Isabella em seu blog. Recentemente, a pré-venda no site Amazon de um encadernado contendo a série original do personagem fez com que vários fãs e jornalistas questionassem o roteirista, que por muitos anos teve diversos problemas com a empresa por conta de reconhecimento em relação aos direitos autorais.


Publicado em 1977, Raio Negro já tinha sido desenvolvido por Isabella antes de ser levado a editorae negociado com um contrato de royalties cada vez que fosse utilizado pela empresa, além de ter percentuais elevados no caso de ser adaptado em outras mídias. Entretanto, a DC passou a dividir os custos com o desenhista Trevor Von Eeden, que mesmo sendo artista da mensal sempre negou ter criado o personagem.

O problema entre os dois lados se tornou maior quando a Warner Bros. preferiu criar o personagem Vulcão Negro para o desenho Superamigos, em parceria com a Hanna-Barbera. Apesar do nome e do uniforme serem diferentes, as semelhanças com o herói original demonstraram que a empresa não pretendia pagar os royalties para o escritor. Recentemente, a reformulação orquestrada no reboot dos Novos 52 também desagradou o seu criador, que na ocasião afirmou que a DC continuava a negar os seus direitos sobre o uso da marca.

Vulcão Negro dos Superamigos

Originalmente, Jefferson Pierce é um medalhista de ouro no decatlo olímpico, que inicia a sua história heroica ao retornar ao seu bairro de origem, o Beco do Suicídio em Metropolis, onde passa a combater a influência das gangues locais não só no papel de diretor de um colégio local como de um super-herói com poderes elétricos.

Participando em grupos como os Renegados e a Liga da Justiça, Pierce também já foi Secretário de Educação no mandato de Lex Luthor como Presidente dos Estados Unidos e também é pai de duas heroínas que herdaram os seus poderes: Tormenta (Anissa Pierce) dos Renegados e Rajada (Jennifer Pierce), integrante da Sociedade da Justiça.

Tormenta e Rajada

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário