sábado, 28 de junho de 2014

A Lenda de Korra | Review da première (Livro 3 - Change)


Estreou ontem o aguardado Livro 3 de A Lenda de Korra. A Nickelodeon americana presenteou os fãs com uma première tripla, já exibindo os três primeiros episódios da terceira temporada na estreia.

Atenção, o Review à seguir é referente aos episódios 01 a 03 e contém Spoilers
Eduardo Bélico


Dessa vez com o título “Change” (mudança), o Livro 3 traz como premissa a necessidade de adaptação do mundo e do Avatar às alterações provocadas após a Convergência Harmônica no final do Livro 2. Korra deve lidar com as consequências de sua escolha de deixar os portais para o mundo espiritual abertos e cumprir com o seu papel de Avatar em trazer equilíbrio ao mundo.

No primeiro episódio, "A Breath of Fresh Air", são exibidas as mudanças em Republic City duas semanas após a luta de Korra e Unavaatu. Além da evidente destruição causada, a capital da República das Nações Unidas agora está coberta por vinhas do mundo espiritual e é cobrado da jovem Avatar que o problema seja resolvido.

Sem sucesso, surge ainda outra questão, devido à Convergência Harmônica algumas pessoas se tornaram dobradores de ar, dentre elas, Bumi. Korra, então, decide sair de Republic City junto com Tenzin, Jinora e o Time Avatar para procurar por outros dobradores e reconstruir a Nação do Ar. Ao final do capítulo é mostrada a fuga do criminoso Zaheer de uma prisão da Ordem da Lótus Branca. Zaheer é um dos novos dobradores de ar e seus objetivos são acabar com a Ordem e o Avatar.

Logo em seguida, entra o segundo episódio, "Rebirth", onde vemos bastante interação entre o Time Avatar através da viagem ao longo das cidades do Reino da Terra. Apesar de vários dos recentes dobradores do ar rejeitarem a proposta, a equipe finalmente consegue o primeiro recruta, Kai, um jovem delinquente.

Ao longo das viagens do grupo, Zaheer libera dois outros prisioneiros: o dobrador de terra Ghazan e a dobradora de água Ming-Hua (que tem a mesma dubladora da Azula de Avatar: O último dominador do ar). Por fim, há a aparição do Senhor do Fogo Zuko (ele mesmo!) para aprender mais sobre as recentes fugas e termina o capítulo voando em seu dragão em direção à Tribo da Água do Norte.


O último episódio da première, "The Earth Queen", é marcado pela chegada do grupo à Ba-Sing-Se. Lá eles conhecem a Rainha do Reino da Terra para pedir ajuda na procura pelos dobradores do ar, mas sem sucesso. Para conseguir a confiança real, Korra e Asami enfrentam uma gangue de bárbaros, mas novamente são rejeitadas pela Rainha. Enquanto isso, Bolin e Mako tem um encontro com a parte da família de seu pai.

Na tribo da água, Zuko se encontra com Tonraq, Eska e Desna, e chegam à prisão gelada que guarda outra companheira de Zaheer, uma dobradora do fogo com a mesma habilidade que o “Homem-combustão” que lutou contra Aang, podendo causar explosões com a sua mente.


O episódio se encerra com Kai sendo detido pelo Dai Li e preso junto aos outros dobradores de ar. Ao que parece a Rainha da Terra os está reunindo para formar um exército e Mako e Bolin escutam um rumor que algo assim estaria acontecendo.

Um dos pontos positivos da estreia foi ver um pouco da personalidade mais forte de Korra de volta. Apesar de ainda ter suas dúvidas, a Avatar aparenta estar mais segura de suas escolhas e do caminho a seguir. Também há uma relação renovada com Asami, estando as duas muito mais próximas.

Enquanto Bolin não deixa de transparecer sua felicidade com a reunião do Time Avatar, Mako está muito mais distanciado do grupo, relutando ainda devido à separação do relacionamento com Korra. Esse, inclusive, deve ser um dos temas abordados mais à frente na temporada, vez que a relação Korra-Mako foi um dos focos da série desde o início.

Diferente do Livro 2, a terceira temporada já traz um inimigo muito mais definido logo no início. Além das incríveis demonstrações de luta de cada um, o próprio Zuko diz que Zaheer e os outros criminosos são extremamente fortes sozinhos e em conjunto poderiam tomar o mundo inteiro (o Time Avatar certamente terá problemas pela frente).


Outro ponto interessante será ver como os novos dobradores de ar vão interagir com as várias mudanças. Já vimos a Rainha da Terra tentando os controlar (talvez até fazer uma lavagem cerebral no nível Lago Laogai/Long Feng de Avatar: O último dobrador do ar), mas agora falta ver qual o posicionamento que eles terão com as novas possibilidades.

O que se espera ainda é ver um pouco mais de como a junção com o mundo dos espíritos afetou o mundo humano, pois até agora pouco se mostrou sobre espíritos interagindo diretamente com humanos.

O livro 3 certamente traz um sentimento similar à série original, “O último dobrador do ar”, com o grupo viajando pelo mundo, passando por diferentes aventuras e conhecendo novas pessoas. “Change” traz grandes expectativas após um começo sólido e nostálgico para os fãs de Avatar.

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário