sexta-feira, 1 de março de 2013

Cosplay #29 | Entrevista Alemão, o Ranger vermelho brasileiro

Olá meu povo! Mais uma coluna cosplay aqui no Toku Bahia e nessa semana conseguimos conversar com um cosplayer bastante de dedicado e apaixonado pelo que faz!


Isso mesmo finalmente eu vou falar sobre cosplays de tokusatsus e seu você está se perguntando por que eu demorei tanto para falar sobre esse assunto a resposta é simples. Havia tantas informações que eu queria e precisava falar antes de chegar até aqui, por isso se você é fã me desculpe à demora. Tokusatsu é um novo mundo recém-descoberto para mim e eu também precisava de um tempinho para aprender um pouco mais sobre o gênero, e ainda tenho muito a aprender, pois este universo é bastante extenso e denso com um enorme potencial para que eu possa me perder dentro dele por muitas e muitas colunas cosplays!


O Alemão já é cosplayer desde 2005 e além de fazer cosplay de diversos personagens de famosos animes como Dragon Ball, ele ainda se dedica, e muito, a fazer cosplays de seus tokusatsus favoritos. Ele me contou durante a nossa descontraída conversa o como é difícil conseguir montar certas fantasias por falta de recursos, mas também do prazer de ver todo o seu trabalho e esforço sendo recompensado quando ele vê crianças e fãs sorrindo ao ver o seu herói favorito materializado em sua frente nos eventos.

Toku Bahia - Como foi o seu primeiro contato com tokusatsu?

Alemão - Sou um fã com orgulho da época de ouro da manchete e toda sua febre. Tive o primeiro contato com tokus de grande nome: Jaspion, Cybercops, Black Kamen Rider.

Toku Bahia -  Tem algum preferido?

Alemão -  O meu preferido mesmo é Black Kamen Rider, o chamava de homem mosca quando criança. E de Sentai é Power Rangers.


Toku Bahia - Como começou a sua relação com cosplay?

Alemão - Frequento os eventos desde 2005, acredito, mas só em 2008 fiz algumas tentativas de cosplay como Goku e Gohan do colegial e não parei por ai, até hoje faço.

Toku Bahia - E o que é ser cosplayer para você?

Alemão - Ser cosplayer é transformar aquele sonho em realidade, viver como aquele herói nem que fosse por um único dia, ver nos olhos das pessoas a admiração por aquele herói.

Toku Bahia - Você faz somente cosplays de tokusatsus ou já fez cosplays de séries variadas?

Alemão - Adoro personagens clássicos que me identifico com a personalidade, sendo ele anime, jogo ou toku, uma lista básica do que ja fiz: Goku, Gohan, Kaname de Vampire Knight, Presto de Caverna do Dragão, Squall de Final Fantasy, Seiya de CDZ, Leon de Kingdom Hearts, Pain de Naruto, Sephiroth de Final Fantasy, Kenshin de Samurai X, Ranger Vermelho.


Toku Bahia - Porque a preferência pelos cosplays de tokusatsu?

Alemão - São heróis que têm toda ideologia e relação de esconder quem são, pois não querem o mérito pelo o que fazem, são heróis que na maioria das vezes tem a preocupação de fazer o bem e proteger as coisas, coisas que muito admiro. Ainda tenho como planos futuros cosplays de Black Kamen Rider, Jaspion, Jupiter de Cybercops.

Toku Bahia - Como acontece confecção das fantasias? Você mesmo faz?

Alemão - O processo começa com a analise do personagem, no caso de alguns temos que importar peruca e acessórios que às vezes podem levar tempo, a roupa uso alternativa baratas como costureira do bairro que cobra mais barato e posso acompanhar de perto todo processo.

Toku Bahia - E no caso dos capacetes?

Alemão - O capacete do Ranger Vermelho foi feito por Eduardo Augusto e o do Jaspion e Black Kamen Rider foi o Wagner. Eles são de fibra de vidro oferecendo resistência e uma aparência próxima ao original.

Toku Bahia - E você mesmo mexe com a fibra de vidro?

Alemão: Não, não. No caso eu procuro o Eduardo Augusto ou Wagner, ambos trabalham com muito carinho e responsabilidade.


Toku Bahia - Quanto tempo você leva para produzir uma fantasia completa?

Alemão - Alguns casos são de 3 a 6 meses em média, mas tem casos como o do Ranger Vermelho que foram 5 anos de planejamento até que saísse. Tive um gasto enorme para tê-lo completo, cerca de 1.800 reais em todo cosplay.


Toku Bahia - Agora me diga Power Rangers ou Super Sentai?

Alemão - Essa é uma rivalidade antiga, sou fã de Super Sentais antigos, como Flashman e Changeman. Sei da verdade sobre: Zyuranger x Power Rangers, mas são duas perspectivas diferentes. É desnecessária, pois as propostas são diferentes, temos que ver Power Rangers como uma história e Super Sentai como outra, gosto de ambos, mas não minto que Power Ranger Mighty Morphin foi o que mais me marcou.

Toku Bahia - Porque você acha que existe essa rixa entre os fãs de Power Ranges e Super Sentais?

Alemão - Na verdade essa rixa acontece por conta da linha de seguir o costume "o original não se substitui", as pessoas não admitem produções fora das terras nipônicas. É importante que se conheça as duas coisas e que não se compare, mas que vejam o que ambos tem de bom.


Toku Bahia - Como é a reação do público dos eventos quando você chega de cosplay de tokusatsu? Porque sabemos que não é tão comum encontrar e o cosplayer é sempre bastante assediado.

Alemão - Sim, foi engraçado eu e um amigo saímos de moto da casa dele e fomos até o evento vestidos de Rangers, ele de Verde e eu de Vermelho , muita gente gritando “É hora de morfar” ou “Pooooooooooooower Rangers”, muitos carros buzinando e o povo acenando. Chegando ao local do evento ainda na moto ouvimos a euforia de gritos e pessoas correndo para nos ver.

Toku Bahia - Já sofreu algum tipo de preconceito em evento quando disse que era cosplay de Power Rangers e não Super Sentai ou vice-versa?

Alemão - Em evento não, mas na internet sim. A todo instante as pessoas falam que é Zyuranger o original.

Toku Bahia - E te incomoda?

Alemão - Não me incomoda, até porque conheço ambas as histórias, meu morfador diz Power Rangers é só lerem.


O interessante dessa parte da conversa foi ver que o Alemão não tem qualquer tipo de preconceito contra as duas franquias, japonesa e americana, e que ele encara as duas como produções completamente independentes e pede para que os fãs de ambas tentem enxergar as diferentes propostas.

Agora que já tenho certa bagagem sobre o assunto e participo frequentemente de discussões sobre o universo tokusatsu, posso dizer que já vi muitas opiniões divergirem neste ponto. Uns acham que a adaptação americana é ruim e nunca irá se equiparar à japonesa, outros, mais novos, acham que Power Ranger é o que se tem de melhor e não buscam conhecer nada da franquia dos Sentais.

Para todos esses radicais peço o mesmo que o Alemão conheçam as franquias, assistam as séries, peçam indicações sobre os temas e procurem conhecer. Já assisti das duas e posso dizer que ambas tem seus pontos forte e fracos e que não é necessário gostar ou amar de paixão todas as séries, mas é preciso perceber e às vezes admitir, que algumas vezes as adaptações ficam sim bem feitas. E ainda pensar que a adaptação americana precisa de modificações sim, pois o público americano e japonês consome produtos completamente diferentes, eles adaptam para o que vende o que não impede dos dois públicos gostarem de ambas as franquias.

Fora isso tenho percebido em especiais, revistas e livros comemorativos dos Sentais uma campanha para aproximar os Sentais e os Rangers e isso é muito bom! Esse é o maior incentivo para todo e qualquer fã para acabar com esse preconceito, Rangers são Sentais americanos e os dois declaram ter um laço de amizade. Então que tal conhecer e criticar somente depois que a série for assistida? Não que você tenha que gostar de tudo e virar fã de uma ou de outra, mas conhecer é importante e talvez você se surpreenda.

Toku Bahia - Qual a dica que você dá para quem quer se jogar nos cosplays de tokusatsu?

Alemão - Faça o que gosta e admira, tenha planejamento e não se preocupe com as criticas. Se entregue a esse sonho viva sua infância e seja, para outras pessoas, o herói que você admira. Um sorriso aqui e ali já paga esse sonho.


Toku Bahia - O que falta para os cosplayers brasileiros começarem a fazer cosplays de tokusatsu?

Alemão - O custo é alto, muito mesmo por mais simples que sejam e essa é a maior dificuldade, fora fato que poucas pessoas manipulam a fibra de vidro.

Toku Bahia - Verdade, mas você acha que falta público ou só dificuldade de material?

Alemão - As duas coisas. E ainda há o preconceito das pessoas admitirem que gostam.

Toku Bahia - Vale a pena todo o trabalho que dá para fazer um cosplay mais elaborado assim?

Alemão - Por um lado sim e por outro não, o custo é alto, se tem muito gasto e preocupação em detalhes, mas tem o lado da satisfação pessoal e de realização.


Toku Bahia - O que você tem para dizer para cosplayers e iniciantes que querem fazer cosplays de tokusatsu?

Alemão - Comecem aos poucos não importa o quanto irá demorar, apenas faça com que aconteça. Acredite no herói que há em você, lute e acredite sempre, se a vitoria não veio hoje virá amanhã! Gostaria de agradecer a toda equipe do site e facebook pela oportunidade que me foi dada de expor um pouquinho do meu gosto por tokusatsu e o meu hobby de cosplay. Obrigado galera qualquer coisa podem me adicionar!

E que fique como exemplo a dedicação e a alegria de fazer cosplay que ele tem. Quero ver muitos cosplayers de tokusatsu surgindo por aí! Não são cosplays simples, mas para quem gosta de desafios os tokusatsus oferecem uma cartela extensa de personagens para serem excolhidos!

Fiquem ligados porque mais matérias sobre tokusatsus vão rolar daqui para frente começando com a coluna da semana que vem que será a minha 30° coluna! Nem acredito! E lembrem-se que qualquer sugestão de matérias podem ser feitas através dos comentários aqui no site ou pelo meu twitter pessoal.


Não se esqueçam de curtir a página do Toku Bahia no facebook e o nosso twitter @TokuBahia!

Para maiores informações sobre a coluna cosplay, sugestões, novidades ou se quiserem bater um papo sobre cosplay é só me mandar um tweet @marshmalloworld!

Você também pode gostar