sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Alvorecer dos Jedi: Tempestade da Força revela o inicio dos Jedi


Em uma era de lendas, antes da descoberta das viagens hiperespaciais, antes da formação da Antiga República e antes de as filosofias dos Jedi e Sith serem codificadas.

Publicado originalmente em 2012 pela Dark Horse, "Dawn of the Jedi (Alvorecer dos Jedi)", faz parte de uma minissérie divida em três tomos que contam as verdadeiras raízes dos Jedi e Sith. Sendo assim a primeira série em quadrinhos da era Pré-República e um ótimo material para quem quer entender mais de Star Wars e busca outras histórias fora do núcleo "Skywalker", mesmo sendo um material pertencente ao selo Legends, que em outras palavras: não pertence ao cânone atual.

Capa da Edição Zero ainda sob o comando da Dark Horse e sem o selo Legends, que tirou o quadrinho
do cânone atual - Foto: Reprodução internet

A primeira série de "Dawn of the Jedi" é intitulada como "Force Storm" ou "Tempestade da Força" se seguirmos a tradução literal. Divida em cinco edições mais uma edição zero, Force Storm se passa exatamente 36.453 anos antes da Batalha de Yavin que aconteceu em Star Wars: Uma Nova Esperança. Sensitivos à força são trazidos ao planeta Tython em oito naves em forma de pirâmides, as Tho Yor. Durante dez mil anos o planeta é colonizado com as mais diversas raças da galáxia. Milhares de anos à frente, um poderoso guerreiro Xesh chega no planeta e com ele uma série de eventos acontecem provocando um grande desequilíbrio no planeta. Em em paralelo, o terrível Império Infinito emerge das sombras do espaço e se tornam uma grande ameaça para todos.

O incansável Rexesh e as gigantescas pirâmides Tho Yor - Foto: Reprodução internet

Se essa for a sua primeira leitura fora do que estamos acostumados de Star Wars, pode ficar tranquilo e ler sem problemas. A edição zero serve como um grande apêndice para tudo que está por vir. Semelhante a um manual de RPG, esse volume traz um pouco sobre a história dos Je'daii (Sim, eles são chamados dessa maneira no quadrinho, cujo termo significa "centro místico"), os planetas dessa galáxia, além de uma rápida pincelada nas raças e na Guerra Déspota que é um importante evento dentro da história.

Como estamos diante de uma aventura inédita no universo expandido de Star Wars, tudo que é mostrado aqui é novo e uma vez ou outra você terá que retornar à edição zero para tirar uma dúvida. O roteirista John Ostrander não adentra nos detalhes, o que pode deixar confusa a leitura algumas vezes e o movimento de ir até a edição zero e voltar, um pouco cansativo. Todos os personagens são inéditos e em boa parte interessantes. O trio que parece ser o centro dos próximos tomos tem boas histórias de fundo e instigam o leitor a acompanhar suas trajetórias. O místico Conselho dos Je'daii
também está ali, mas não é tão explorado quanto o habilidoso e charmoso Sek'nos Rath, a guerreira que usa um Rancor alado como montaria, Shae Koda e a Twilek filha de um criminoso espacial, Tasha Ryo.

Juntamente com a história da chegada dos Tho Yor a Tython e o rápido flashback da Guerra Déspota, Ostrander apresenta os terríveis Rakata (conquistadores de povos) e seus Cães de Caça, poderosos guerreiros sensitivos à Força que caçam seus semelhantes. Rexesh ou apenas Xesh é um deles e ponto central da trama, sendo o principal responsável por causar a tempestade em Tython. No final da edição conhecemos Bogan, um lugar escuro onde o Cão de Caça é enviado para meditar depois dos seus feitos sombrios ao planeta. E será à partir desse lugar que a história irá se desenvolver culminando na próxima série.

Os protagonistas de "Tempestade da Força". Da esquerda para a direita: Sek'nos Rath, Tasha Ryo e Shae Koda -
Foto: Reprodução internet

Alvorecer dos Jedi - Tempestade da Força é uma ótima história se formos analisar como um conteúdo que amplia a mitologia da franquia, porém peca em não explorar essas novas adições ao universo e se preocupa apenas em repetir uma trama batida que pode desencorajar aqueles que buscam algo diferente. Mesmo assim é uma importante leitura do universo de Star Wars e com algumas correções, pode melhorar nas edições seguintes.

Ficha Técnica:
Título: Star Wars - Dawn of the Jedi: Force Storm (EUA, 2012)
Editora: Dark Horse
Roteiro: John Ostrander
Arte: John Ostrander
Arte final: Dan Parsons
Cores: Wes Dzioba
Capas: Gonzalo Flores
Número de páginas: 128

Capa da Edição "Force Storm" - Volume 1 - Foto: Mega Hero

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário