quarta-feira, 6 de julho de 2016

Ultraman Orb | O que esperar da série?


Essa semana, mais precisamente no dia 09 de Julho, temos a estreia da nova série da franquia Ultraman. Ultraman Orb irá comemorar os 50 anos do gigante guerreiro prateado e abre um leque para novas abordagens dentro do universo dos alienígenas da galáxia M-78.

Ultraman constantemente vem se destacando na mídia brasileira graças a exportação dos seus produtos. Tivemos até pouco tempo diversos longas na Netflix, o mangá que está em publicação por aqui e a cereja do bolo são as séries completas no Crunchyroll, com destaque é claro para Ultraman X (2015) que teve exibição simultânea com o Japão. Enfim chegamos em um novo capítulo da saga, Ultraman completa 50 anos este ano com fôlego para mais 50 e com bastante história para contar.

Um novo capítulo começa essa semana no Japão - Foto: Reprodução internet

Programada para estrear este sábado na TV Tokyo, Ultraman Orb começa após o termino da "Nova Antologia Ultraman" (New Ultraman Retsuden), uma minissérie que começou em 2011 com a proposta re-apresentar o universo da franquia. Foram 155 episódios no total. Orb que apesar de ter ganho recentemente um especial introdutório no YouTube, é ainda um mistério para os fãs quando é perguntado aonde o herói se encaixa no cânone da franquia e a sua verdadeira origem. O que sabemos é que a série irá se passar em universo paralelo, o que não é uma novidade já que outros Ultraman fizeram o mesmo anos atrás como por exemplo, Ultraman Max (2005).



Orb poderá acessar combinações de diferentes Ultras, que apesar de ser parecido com o conceito usado em Kamen Rider Decade (2009) e Gokaiger (2011), se difere pelo fato de poder fundir dois personagens em um só. Sua forma principal é chamada de Specium Zeperion, que combina os poderes do Ultraman original e Ultraman Tiga. Ele ainda possui outras duas formas, Burn Mite (combinação de Ultraman Taro e Mebius) e Hurricane Slash (combinação de Ultraman Zero e Jack).

A história segue Gai Kurenai  (foto à direita) interpretado pelo ator Hideo Ishiguro que interpretou Kai em Kamen Rider Den-O. Semelhante a Ultraseven (1967), Orb não terá um hospedeiro humano, ele terá uma forma humana. Para se transformar, ele toca um instrumento chamado Orbnica para defender a paz no nosso planeta. Sua missão é impedir que uma horda de monstros chamados Demon King Beasts despertem. Nesse universo, as criaturas foram aprisionadas pelo Ultraman original e Ultraman Tiga. Para combater os novos inimigos, o Orb Ring é ativado com o uso de cartões chamados Ultra Fusion Cards. O que soa mais semelhante a Ultraman X do que as outras séries citadas anteriormente.

A SSP é uma singela homenagem a Patrulha Científica da série clássica dos anos 60 - Foto: Reprodução internet

Como já é tradição em Ultraman, Gai aos poucos fará parte de um grupo chamado SSP (Something Search People). Os mais velhos irão associar a sigla a uma outra equipe SSSP (Special Science Search Party) que ficou conhecida aqui no Brasil como Patrulha Cientifica do primeiro Ultraman (1966). A nova "patrulha" é formada por Naomi Yumeno que é a líder do grupo e tem uma relação com os Ultraman, Jetta Hayami um aficionado por OVNI's e especialista em filmagens e Shin Matsudo, o gênio cientifico da SSP com apenas 23 anos. A premissa do grupo é o estudo de casos sobrenaturais, sobretudo monstros e criaturas de outros planetas.

Do outro lado, Orb também terá uma equipe de combate a monstros, a VTL (Versatile Tactical Leader), que faz alusão à nave da Patrulha Científica, a VTOL. A equipe é encabeçada por Ittetsu Shibukawa (foto a esquerda), tio da Naomi que vive preocupado com as aventuras da sobrinha e sempre está disposto em ajudar a SSP quando eles precisam de informações. Aparentemente o grupo não terá tão destaque como as séries anteriores, ficando a cargo da SSP o desenrolar da trama.

Como é de praxe, teremos um grande vilão. Para enfrentar Orb, Juggles Juggler irá usar um artefato chamado Dark Ring que desperta os Demon King Beasts através dos Monster Cards.

Até então Orb aparenta ser uma série divertida que apesar de ter clichês da franquia, parece caminhar por um caminho diferente, começando pelo fato do nosso protagonista ser cem por cento extraterrestre e o foco da vez ser um grupo de pessoas comuns e não uma equipe com aparato militar. Outra novidade é que Orb terá um material adicional programado para Dezembro deste ano, uma série spin-off que será lançada no canal online Amazon Prime (que já foi comentado aqui no site), semelhante ao que a Toei fez com Kamen Rider Amazons (2016). Já podemos especular também que outras mídias complementares devem ser lançadas esse ano e no ano que vem para promover a série como é o caso do jogo Ultraman Fusion Up, exclusivo para o mercado japonês.

Orb e seu nêmesis, Juggles Juggler - Foto: Reprodução internet

Um universo em expansão também tem sido estudado novamente pela Tsuburaya (empresa detentora de Ultraman), segundo a mesma, ela pretende desenvolver novas histórias e séries sem relação direta com os Ultras. Arrisco dizer que será mais semelhante a Ultra Galaxy (2008) do que as primeiras séries isoladas da empresa como Mirroman (1975), mas que no fim das contas foi incorporado no universo dos Ultraman de alguma forma.

A distribuição de Ultraman Orb continua restrita ao Japão. Não foi confirmado se a Crunchyroll terá direito a uma exibição simultânea ou irá adicionar a série aos poucos em seu catálogo. Se for pra apostar novamente, acredito que em pouco tempo veremos Gai e sua trupe pintando por lá e caso isso venha a acontecer, vocês serão informados aqui no Mega Hero.

A Estrela de Ultra volta a brilhar com Ultraman Orb - Foto: Reprodução internet

Ultraman diferente de outras séries Tokusatsu, tem um diferencial para mim que é inexplicável, por isso toda vez que uma nova série é anunciada eu faço questão de comentar um pouco do que está por vir e colocar um pouco da minha opinião como fã da franquia. E fica notório as vezes a minha empolgação.

E você, está ansioso por Ultraman Orb?

Você também pode gostar

2 comentários: