quarta-feira, 29 de junho de 2016

Diário de um Tokufã #1 | Qual foi o meu primeiro Tokusatsu?


Quantas vezes você não ouviu da sua mãe ou aquele seu amigo falando, "o que é esse negoço que tu tá assistindo ai menino?", "Não para de assistir Tokusatsu?", isso quando não falavam o termo errado. Mas eu nem ficava tão chateado assim, se tornou algo cotidiano em minha vida.

O Diário de um Tokufã será uma série de matérias escritas por mim aqui no Mega Hero onde irei falar das minhas experiências com o gênero Tokusatsu (Quando comecei a assistir, séries favoritas, porque gosto de Tokusatsu, entre outras coisas). E gostaria muito de saber o que cada um pensa sobre determinado assunto e suas experiências. E para começar quero perguntar: Qual foi o seu primeiro Tokusatsu e qual lembrança boa você tem dessa época?

Apesar de não pertencer a "velha guarda" do universo Tokusatsu brasileiro, afinal eu tenho menos de 30 anos, minha paixão por esse pequeno universo japonês me encanta tanto quanto aquele meu vizinho que assistia Jaspion na Rede Manchete.

Minha relação com os heróis japoneses começou quando eu era bem novinho e ganhei os bonecos de Winspector e Solbrain (inclusive tenho o Solbraver até hoje, sem braço, mas tenho). A grande maioria dos meus contemporâneos dos anos 90, começaram a adentrar nesse universo com Power Rangers e só alguns mais tarde vieram conhecer tudo por trás dos heróis coloridos. Lembro também de ter assistido Kamen Rider Black RX e VR Troopers (versão americana de Shaider, Metalder e Spielvan), mas para mim todos eram heróis orientais, não sabia que cada personagem pertencia a um gênero especifico.

Desde bem pequeno eu me cativava mais com séries com atores reais do que desenhos animados, talvez por isso eu não tenha uma relação tão próxima com clássicos como Cavaleiros do Zodíaco e Yu Yu Hakusho. Os anos se passaram e aqui no Brasil fomos bombardeados com as inúmeras versões de Power Rangers. A essa altura eu não me recordava tanto dos personagens nipônicos e meus olhos voltaram completamente para os heróis norte americanos, até o ano 2000...

Ultraman Tiga foi o passaporte para o meu retorno definitivo ao universo Tokusatsu e quando eu quis descobrir a grandeza por trás do seriado e por consequência acabei conhecendo muito mais do que imaginava, Tiga era apenas a décima segunda série de uma franquia que surgiu nos anos 60. Como um bom explorador de internet, fui procurando saber tudo sobre Ultraman, mas na época minha conexão era tão lenta que eu tinha me contentar apenas com as imagens puxadas do "Cadê?".

Quando olho para o passado, fico contente em saber que conheci os ensinamentos das séries japonesas
- Foto: Reprodução internet

Anos mais tarde pude assistir pela primeira vez o Tokusatsu mais popular do Brasil, "O Fantástico Jaspion", em um DVD pirata que comprei no camelô que tinha praticamente todos os episódios. Imagina a cara de felicidade da criança? Na época eu tinha em torno de 9 a 10 anos, foi uma grande surpresa pra mim. Assistia um episódio todo dia no horário da tarde depois que chegava da escola com um pote de sucrilhos e biscoitos. Foi minha aventura por muito tempo até o DVD parar de funcionar.

Eu tive três grandes contatos com séries nipônicas em minha infância, a primeira quando tinha 4 anos com Winspector e Solbrain, Ultraman Tiga em 2000 na Rede Record e quando eu completava 10 anos com O Fantástico Jaspion. Claro que como uma criança envolvida no programa eu fui procurar por produtos desses heróis e obviamente àquela altura, não encontrei nada. Aliás, o único produto que comprei foi o Ultraman Hikari, pertencente a Ultramam Mebius alguns anos depois em um evento da minha cidade.

Gostou da matéria? Fiquem ligados para a segunda parte que sai em breve por aqui.

Você também pode gostar

6 comentários:

  1. Jaspion em sua estreia em 88, também. Bem no comeco do infância. Depois segui na Manchete e engrenei com Power Rangers até Forca Mística. Ai tive acesso aos japoneses novamente (banda larga) e comecei essa que chamo de "segunda era do toku na minha vida" com Den-O e Go-Onger (por isso tenho carinho por essas séries que alguns não gostam).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impossível não se apegar aos primeiros Tokusatsu que assistimos. Minha relação com Ultraman Tiga é bem diferente das outras séries que assisti posteriormente.

      Excluir
  2. O primeiro tokusatsu que eu assisti foi Kamen Rider Kuuga na época de sua exibição no Japão. Depois de Kuuga eu acompanhei alguns episódios de Agito. Também sempre fui fã dos Ultraman, principalmente de Gaia e Cosmos que também acompanhei por lá. Outra série que lembro de sempre ver foi Gaoranger. Saudade dessa época. Realmente é difícil não se apegar às primeiras séries tokusatsu que assistimos.

    ResponderExcluir
  3. notei que o chefe da policia (Winspector) tinha simbolo da SS no uniforme!
    que gafe!

    ResponderExcluir
  4. Eu me orgulho de ter visto alguns Tokusatsus que vieram a ser considerado clássico como Jaspion, Jiraya, Jiban, Black Kamen Rider. Peguei tbm Changeman, Flashman e uma parte de Maskman. Sem contar que eu ainda peguei Cavaleiros do zodiaco na Manchete.

    ResponderExcluir