quarta-feira, 4 de maio de 2016

O que esperar do mangá Boruto - Naruto Next Generations -


Depois de muita espera, finalmente chegou o dia do lançamento do primeiro capítulo de Boruto - Naruto Next Generations -, que será um novo mangá lançado pela Shonen Jump e que dará continuidade ao universo de Naruto, agora com seu filho Boruto.

O primeiro capítulo do mangá possui em média 60 páginas, e seguirá esse padrão, já que a forma de serialização dele será mensal e não semanal, como o ocorreu com Naruto.

Antes de começar a falar do capítulo, é bom saber que Masashi Kishimoto será o supervisor do mangá e que os responsáveis diretos pela obra serão Ikemoto Mikio, que era assistente de Kishimoto e que será o responsável pela arte e Kodachi Ukyo, que foi o responsável pela novel Gaara Hiden e que cuidará do roteiro da história.

Muita expectativa foi colocada em cima dessa nova série, já que ela irá abordar uma nova geração de personagens, os filhos e filhas daqueles personagens que tanto aprendemos a amar em Naruto, e que agora deixarão seus legados a seus filhos. Porém, essa expectativa não foi de fato atendida para alguns leitores e é por isso que, através dessa matéria, venho expor meu ponto de vista a respeito do início da obra. Vou ressaltar que essa é a minha opinião como fã, então, ninguém é de fato obrigado a concordar com o que eu falar, já que cada um tem sua opinião a respeito. Porém, vamos respeitar ao máximo o espaço do outro e, caso se desenvolvam discussões, que sejam elas saudáveis e sem conflito.

Antes de começar a falar, devo lembrar que a partir de agora haverá spoilers para quem ainda não teve a oportunidade de ler. Então, caso você tenha problemas com isso, sugiro que evite ler o resto da matéria, caso não tenha, então pode continuar.

O mangá já começa nos mostrando provavelmente um momento clímax de um dos possíveis arcos da história. As três primeiras páginas são dedicadas a Kawaki, que provavelmente será um dos antagonistas da história e rival de Boruto, e a o próprio Boruto, em cima do monumento dos Hokages que está completamente destruído. É possível notar que tanto Kawaki quanto Boruto possuem a mesma marca no braço, que se estendem até seus olhos, porém, com colorações diferentes. As de Kawaki são vermelhas enquanto as de Boruto são azuis.

Durante essas três páginas, algumas coisas já podem ser notadas: é possível ver a destruição de Konoha (novamente), apesar de não sabermos ainda o que acontecerá para que a cidade fique totalmente em ruinas; podemos notar que Kawaki dá a entender que Naruto foi morto, já que ele menciona que mandará Boruto para o mesmo lugar que o Nanadaime; e a última é o Byakugan de Boruto, que alguns spoilers apontam que será o olho de sua irmã, Himawari, transplantado para ele, já que tanto Himawari, quanto Hinata (mãe de Boruto), também teriam morrido. É interessante notar que Boruto possui um corte no olho, exatamente igual ao de Kakashi, e no mesmo olho em que ele possui o Byakugan, o que só fortalece a ideia de que o olho é de fato transplantado.

Esse começo não caiu muito no agrado de alguns fãs, justamente por já mostrar logo de cara um grande clímax da história e não fazer questão de esconder o possível destino de um dos grandes personagens dos mangás atualmente, Naruto.

O restante do capítulo é dedicado a recapitulação dos acontecimentos do filme Boruto – Naruto The Movie, para que eles sejam inseridos no contexto da história do mangá, apesar do filme já ser uma continuação direta do mangá. Porém, o capítulo explora mais alguns outros personagens, além do time de Boruto. Ele apresenta os novos personagens e mostra preparação deles para o Exame Chunin, que é um dos focos do filme.

Porém, apesar de ser positivo o foco que será dado a outros personagens, o traço utilizado no mangá não vem agradando alguns fãs da série. Ao contrário do traço utilizado por Kishimoto em Naruto, que é algo forte e que foi se desenvolvendo ao longo do processo, o traço que Mikio utiliza em Boruto acaba sendo muito estranho aos olhos, já que os personagens estão mais arredondados e em alguns casos, não é possível reconhecer o personagem logo de cara, como a exemplo de Konohamaru.

Boruto tem um grande potencial como história, porém, é preciso rever algumas questões, como a necessidade de se reutilizar elementos do mangá de origem na história e os traços, que querendo ou não, são algo fundamental para agradar ou não os leitores. Porque se for para fazer uma história apenas por fazer, é melhor deixar o final do mangá como Kishimoto fez, ao invés de tentar forçar algo que, sem o direcionamento correto, não irá funcionar.

Para finalizar, volto a ressaltar que essa é minha opinião, levando como base apenas o primeiro capítulo. Pode ser que como passar da história os traços melhorem e o roteiro se torne mais independente, porém, ao meu ver e pelo primeiro capítulo, será difícil dar continuidade a história, pelo menos para alguns leitores.

Você também pode gostar

6 comentários:

  1. Quando será lançado o segundo capítulo?

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você. Sou fã de Naruto a 12 anos e ficarei decepcionado se o mangá de Boruto não decolar porém lembro que como muito fãs eu sou fã de Naruto. O clássico,as ovas,os filmes e a série Shippuuden. Não tô ligando muito pra Boruto ainda mais sabendo que Masashi Kishimoto não está tão envolvido nessa produção como na anterior.

    ResponderExcluir
  3. Não creio que o byakugan seja transplantado no Boruto, pois ficaria muito cliche. Além disso os Hyugas não nascem com o Byakugan, ele é despertado exatamente como o sharingan. A irmã de Boruto tem olhos azuis, porém desperta o Byakugan e fica com seus olhos brancos iguais aos de sua mãe. É provavel que Boruto desperte esse poder já que é filho de um Uzumaki e de uma Hyuga da familia principal. A cicatriz pode ter ocorrido em batalha mesmo mas não acho legal que o filho do personagem principal e dicipulo do maior rival de seu pai tenha que depender de um olho transplantado... Se fosse o rinengan eu até aceitaria... Pra mim o Byakugan do Boruto vai despertar naturalmente.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria que quem enfrentasse o Naruto fosse o Jiraiya até então morto por Nagato (Pain) que depois de varios anos seu corpo fosse encontrado por pescadores e reanimado como edo-tensei pelo Orochimaru do qual Orochimaru planeja uma nova tentativa de dominar o corpo de Sasuke sem a intromissão de Naruto e da aldeia , e que para isso Orochimaru conta história para Jiraiya apartir da morte do mesmo , convencendo o Gama-sennin de que Hagaromo Ootsuki e Kaguya Ootsuki junto a Uchiha Madara e Uchiha Obito teriam maipulado a vida de muitas pessoas incluindo a dele e que Naruto e Sasuke teriam derrotado Kaguya e Madara e que Obito se arrependera no final , mas que foram coniventes com relação a Hagaromo por ter dado poderes tanto a Naruto quanto ao Sasuke, pois o descuido de Hagaromo com Indra e Ashura resultou e problemas de varias gerações de guerras e baixas tanto Senju como Uchiha, descuido de Hagaromo com os Bijjus tambem é evidente e que por ele dar parte de seus poderes ao Naruto e Sasuke , isso faz com que muitas pessoas olhem com inveja poder ambos despertando interreses e querendo roubar o poderes deles tanto dentro de Konoha como fora da mesma.

    ResponderExcluir
  5. Claro pra conseguir não exitam em atingir os filhos e familia de ambos Naruto e Sasuke. E que depois da derrota de Kaguya , vem aparecendo oponentes cada vez mais poderosos com os devidos poderes dos Ootsuki como foi com Toneri e que Naruto sentiria culpa por um destes ter assassinado Tsunade e deixado Kakashi Hatake em um coma vegetativo por muito tempo.

    ResponderExcluir
  6. Pelo amor de deus, um menino que nasceu no clã Hyuuga, precisar de um Byakugan transplantado é no mínimo ridículo. E nem adianta dizer que ele não é um "Hyuuga puro", a Himawari também é, e ela tem, não precisou de olho transplantado nem nada.

    ResponderExcluir