quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Conheça o que são os Acordos de Sokovia em Capitão América: Guerra Civil


Uma das grandes questões que serão apresentadas em Capitão América: Guerra Civil tem relação com os Acordos de Sokovia, um dos principais temas do filme, e que vem causando uma série de dúvidas entre os fãs.

Pensando nisso, resolvi fazer essa postagem explicando o que são esses acordos e como eles se diferem da Lei de Registro de Super-Humanos, também abordada no arco de Guerra Civil dos quadrinhos.

Durante o arco de Guerra Civil nas HQ's, a Lei de Registro de Super-Humanos foi instaurada após um incidente envolvendo heróis, que acabou matando várias pessoas, a maioria delas crianças. A lei já estava sendo discutida no congresso norte-americano, porém, após esse fato, Tony Stark viu que deveria apoiar a lei, para que incidentes como esse não voltassem a ocorrer novamente.

A lei consiste em registrar todos as pessoas com dons ou habilidades especiais. Com isso, as identidades secretas seriam extintas e o herói se tornaria uma figura pública. A lei tinha como finalidade o controle em relação a estes seres superiores e, além de serem registrados, eles também iriam treinar para que o alcance de seus poderes fossem testados, e seriam divididos em equipes para que pudessem atuar em vários estados norte-americanos.

Esta lei, que não foi bem vista por alguns heróis, acabou cansando o incidente que fez com que heróis ficassem uns contra os outros e que resultou em um dos arcos mais aclamados por alguns fãs da Marvel.

Mas a grande questão é: os Acordos de Sokovia seriam de fato uma versão para o cinema da Lei de Registro de Super-Humanos?

Essa pergunta vem assombrando muitos fãs, que entram em várias discussões mostrando que é e não é.

Para entender melhor, vamos conhecer agora o que são os Acordos de Sokovia e como eles vão afetar o Universo Cinematográfico Marvel após Capitão América: Guerra Civil.

Os Acordos de Sokovia são um conjunto de documentos legais ratificados internacionalmente que fornecem uma regulamentação sobre o trabalho realizado por indivíduos aperfeiçoados ou com habilidades, particularmente, os Vingadores. Esse documento foi criado pelo Conselho de Segurança Mundial, Departamento de Assuntos Políticos da ONU e retificado pelos governos dos Estados Unidos, Reino Unido, Wakanda e Sokovia.

Os acordos não visam revelar a identidade secreta dos heróis (fator que não existe nos cinemas), mas sim regulamentar suas ações. Os Vingadores, e qualquer outro herói, teria que responder ao governo e não poderiam intervir em qualquer nação sem o consentimento da ONU.

Como o próprio nome da diz, os acordos foram criados devido a situação que ocorreu em Sokovia por cauda da luta contra Ultron. Porém, não é apenas isso que abrange o documento.

Apesar de estarem respondendo a SHIELD na época, muitas pessoas culpam os Vingadores pela destruição de seus bens após a batalha de Nova York. Não sabemos como a cidade e nem como sua população se reestruturou depois do ocorrido, porém, ficou meio óbvio que o grupo de heróis não arcou com as consequências de seus atos.


Os acordos vão servir justamente para isso. Os Vingadores terão que arcar com toda e qualquer destruição ou prejuízo que eles causarem a um determinado país ou cidade no qual lutarem.

É exatamente por isso que os acordos são diferentes da lei de registro. Um quer que os Vingadores sejam os responsáveis por seus atos e que não atuem sem supervisão, ainda mais em relação a assuntos internacionais. O outro quer criar um registro nacional para que todos os heróis atuem com treinamento e controle de seus poderes, além de revelar suas identidades secretas.

Apesar de ser da DC Comics, uma frase presente em Watchman define perfeitamente a situação do filme: “Quem vigia os vigilantes?”.

Então, quando você for asssitir Capitão América: Guerra Civil nos cinemas, lembre-se de que o filme usou apenas a “base” dos quadrinhos para ser criado e que as circunstâncias que levaram até esse momento são completamente diferentes das apresentadas no material de origem.

Você também pode gostar

3 comentários:

  1. um bom motivo para uma guerra!

    PS O texto está muito pequeno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, você poderia mandar um print para podermos resolver? O seu acesso é via celular ou computador? Grato.

      Excluir
  2. Ótima matéria, mas tenho que concordar com o @eduardo, a fonte esta muito pequena, não estão com olhar voltado para quem tem dificuldade de leitura, eu mesmo não tenho mas tive que aumentar a font usando CTRL+.

    ResponderExcluir