terça-feira, 28 de julho de 2015

Primeira convenção para cosplayers é garantia de muita diversão em Feira de Santana


Aconteceu neste domingo (26/7), o I-ML Cosplay Convention em Feira de Santana-BA, realizado pelas meninas do I-ML Cosplay.

Contando com o público local, uma caravana que saiu de Salvador e mais cosplayers de outras partes do estado, o evento aconteceu das 10h30 às 20h na Spazio Eventos e Convenções.

As cosplayers baianas Andressa Souza e Ana Luiza Bélico - Foto: Mega Hero

O I-ML foi um evento projetado para ser uma convenção com foco exclusivo em cosplay. Suas atividades foram pensadas e produzidas para atrair o público cosplayer e fazer com que todos se sentissem em um ambiente confortável e divertido para curtirem suas fantasias e terem a chance de conhecerem duas cosplayers internacionais e um cosmaker brasileiro!

Quem entrava no evento, logo se deparava com um amplo espaço decorado, dividido entre guarda-volumes, camarim para os cosplayers se arrumarem e se maquiarem, o Cosplay Café, cenários para fotografias e o palco, que era o principal espaço do evento, onde as atrações estariam concentradas.

O espaço Cosplay Café - Foto: Mega Hero

Fora o espaço principal,  o evento ainda contava com uma área de selfies, outra área com um palco Just Dance, lojas de artigos otakus, reparo de cosplays e uma cantina.

O espaço Just Dance - Foto: Mega Hero

Com clima de descontração, o evento atraiu uma grande quantidade de cosplayers que circulavam pelo evento tirando fotos, dançando e preparando-se para as apresentações que aconteceriam no palco principal.

Uma das atrações em destaque foi o concurso cosplay, que se subdividiu em diversas categorias, dando várias opções para os cosplayers participarem.

- Desfile tradicional
- Desfile crossover
- Desfile Chibi
- Individual tradicional
- Individual livre
- Grupo tradicional
- Grupo livre
- Cosplay Dance

É interessante observar duas destas categorias citadas acima, que trouxeram uma novidade e curiosidade para o público: o Desfile crossover e Cosplay Dance.

O Desfile Crossover deu a oportunidade dos cosplayers que fizeram alguma modificação no seu cosplay, de também participarem da competição e serem julgados pela criatividade e execução do projeto. Isso é uma ótima adição ao concurso, já que muitas pessoas gostam de brincar com seus personagens fazendo mudanças e se divertindo.

Já o Cosplay Dance é uma adição divertidíssima, onde o cosplayer ou cosplayers podem se apresentar em um número musical, entretendo a platéia e curtindo colocar seu personagem em uma situação inusitada!

O concurso cosplay revelou vários talentos durante as apresentações nas diversas categorias disponíveis. Alguns cosplayers realizaram apresentações fantásticas, revelando verdadeiros performers no palco, entretendo e dominando a platéia presente.

Foto - Mega Hero

O Desfile contou com uma ótima solução de aproveitamento do espaço físico do evento, adicionando uma passarela até o palco, dando assim mais tempo para avaliação do cosplayer e mais tempo para que pudessem ser apreciados antes de fazerem suas poses no palco.

Além do concurso, as duas cosplayers, Nereide e Ainlina, que vieram da França, bateram um papo com o público falando sobre produção de cosplays e sua experiência visitando o Brasil, tirando depois um tempo para conversar e tirar foto com o público e depois julgar o concurso cosplay.

As atrações da esquerda para a direita: Ainlina, Nereide e Eder - Foto: Mega Hero

O cosmaker, Eder, veio diretamente de São Paulo para palestrar sobre a arte de fazer cosplay, conversando com o público e ficando acessível para conversas fora do palco, além de, é claro, julgar o concurso com a grande responsabilidade de ter a sua nota com maior peso, já que a Nereide e Ainlina não entendiam português.

O Mega Hero conversou com uma das idealizadoras e organizadoras do I-MLCC, a MiMa do Vale no dia 26, sobre o pioneirismo do evento e planos futuros sobre novas edições do I-ML:

Primeiramente queriamos parabenizar pelo evento, é a primeira convenção de Cosplays que visitamos e acredito que seja a primeira aqui no Brasil. Como surgiu a ideia do i-ML Cosplay Convention?
Obrigada pelos elogios! Eu e minha amiga Luddy sempre íamos em eventos e achávamos que faltava sempre alguma coisa para os cosplays, não tinha muita valorização para o cosplayer. Então decidimos que tínhamos que fazer uma convenção voltada para eles para justamente mostrar a importância do cosplayer. A ideia surgiu em 2014 e realização veio em 2015.

Vocês pretendem realizar outras edições após o término dessa? Pode adiantar alguma novidade para os nossos leitores?
Nós pretendemos sim. Ainda não temos nada em mente, estamos esperando ver a aceitação do público nesse evento. Pelo que comentam, o pessoal têm gostado bastante e parabenizaram eu e a Luddy. Como falei, não temos nada em mente ainda, mas pretendemos manter o padrão do evento referente a atrações de porte como Nereide e Ainlina que vieram nessa edição.

Luddy e Mimma, as idealizadoras do evento - Foto: Mega Hero

Você acha que o local por ser em Feira de Santana e não em Salvador acabou por atrapalhar um pouco o evento?
Um pouco, nós esperávamos mais gente. A maioria do público é de Salvador. Nós não realizamos o evento em Salvador pelo fato de não morarmos lá e pelas dificuldades de espaço. Decidimos realizar em nossa cidade como um teste e quem sabe nos próximos realizamos lá.

E falando um pouco sobre as cosplayers internacionais, o que elas acharam da Bahia?
Elas estão adorando, estão aqui desde o dia 21 e fizemos questão de mostrar um pouco de Salvador e Feira. Gostaram da convenção e mais ainda do público, falaram que o pessoal daqui é bastante calouroso, animado, alegre e estão sempre sorrindo. Um pouco diferente de onde elas moram, em Paris.

Para finalizar, deixe um recado para os nossos leitores e para quem veio na primeira edição do i-ML Cosplay Convention.
Queremos agradecer a vocês por todo apoio que deram e o recado que eu deixo é que muito obrigada a todos que compareceram e que confiaram no meu trabalho e no trabalho de Luddy e esperamos vocês na próxima!

O clima de descontração foi marca registrada da convenção - Foto: Mega Hero

Tirando toda parte estrutural e do concurso em sim, o I-MLCC, foi um evento que abriu espaço para os cosplayers se divertirem acima de tudo e aproveitarem um dia que foi pensado especialmente para eles, com muita música, fotos e vídeos, dava para perceber um clima geral de alegria.

Que venham os próximos! Ahh sim! Acesse também a nossa galeria de fotos do evento.

Você também pode gostar

2 comentários:

  1. Puxa eu que sou cosplayer também adoraria ter participado :O

    ResponderExcluir