segunda-feira, 13 de julho de 2015

Dragon Ball Super - Primeiras impressões


Depois de quase duas décadas, Goku e seus amigos retornam para mais uma aventura. Eu não tenho ideal de quantas pessoas estiveram realmente aguardando o novo capítulo dessa saga que fez parte da infância de muitos.

Entretanto, eu acredito que os que estavam aguardando essa nova série estavam um tanto ansiosos e apreensivos, considerando que Dragon Ball GT não foi uma experiência agradável para muitos e que o ressurgimento repentino da série poderia significar apenas uma jogada para espremer mais alguns ienes aos custos de nossa nostalgia.

 Eu diria que o primeiro episódio de Dragon Ball SUPER não pode acalmar totalmente as almas dos fãs mais acirrados, mas o horizonte é positivo. O episódio apresenta o “novo” vilão da série de uma forma bem humorada e com um toque de personalidade e excentricidade comum a muitos vilões de Dragon Ball.

Eu fiquei satisfeito com essa breve apresentação, já que uma das minhas preocupações é de que o primeiro episódio fosse feito com a intenção de chamar muita atenção, começando com lutas ou uma quantidade muito grande de informação ao invés de reintroduzir o universo de Dragon Ball de forma apropriada.



É muito importante que esse primeiro episódio tenha sido usado para reapresentar os personagens, demonstrando algumas características das suas personalidades que foram consolidadas décadas atrás.

Muitas pessoas que irão acompanhar esse anime agora podem não ter acompanhado a série original e eu acredito que essas pessoas não teriam uma experiência completa sem que a série apresentasse o humor e as características únicas dos personagens que amamos a tanto tempo. Isso é algo essencial, já que um anime não pode ser feito só de Fan Service, talvez isso seja uma tarefa que caiba aos filmes.

Dragon Ball Kai e Z Kai foram uma oportunidade para tirar o atraso de potenciais telespectadores, mas trouxe uma preocupação extra. Será que a censura dessas remasterizações é uma indicação do que podemos esperar de SUPER?

Isso certamente poderia prejudicar a série e afastar as pessoas que assistiram/leram Dragon Ball e Dragon Ball Z e fazer com que SUPER não seja uma grande evolução em comparação a GT. Só posso ter esperanças de que a supervisão de Akira Toriyama seja o suficiente para impedir esse desastre.


Enfim, o primeiro episódio de Dragon Ball SUPER foi um bom ticket de entrada para uma nova aventura. Estou ansioso a apreensivo para ver como as coisas vão se desenrolar.

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário