terça-feira, 16 de setembro de 2014

Possíveis vilões do próximo filme de Guardiões da Galáxia


Veja abaixo vilões que poderiam ser possíveis futuros inimigos para os Guardiões da Galáxia no próximo filme:

Lord Dyvyne, Judson Jakes and Blackjack O'Hare



O par Rocket e Groot foi o centro emocional do primeiro filme dos Guardiões, e enquanto o segundo filme parece se centrar na linhagem da família de Peter Quill, não quer dizer que as coisas não possam ficar mais pessoais para Rocket também.

O sapo do mal Lord Dyuyne, a topeira covarde Judson Jakes e o coelho pirata Blackjack O'Hare foram os vilões nos meados dos anos 80 da minisérie de "Rocket Raccoon" pelo co-criador Bill Mantlo e pelo artista Mike Mignola.

Dyvyne e Jakes são rivais que controlam corporações mega poderosas e tentam raptar o amor de Rocket, Lynx, uma herdeira de outro conglomerado poderoso. Os déspotas antropomórficos contrataram Blackjack O'Hare e sua Brigada Black Bunny para fazer o trabalho sujo, a partir de uma grande rivalidade com o guaxinim espaço favorito de todos.

Enquanto a Marvel recentemente introduziu esses personagens dentro de memórias falsas implantadas dentro do cérebro de Rocket, há uma pequena razão dele (e Howard the Duck e Cosmo) ser o único animal falante dentro do universo cinemático da Marvel. Graças a Mantlo e Mignola, a Marvel possui um rico mundo composto de criaturas espaciais que seriam perfeitas para enriquecer a história de background de Rocky.

Terrax



Ele pode não ser grande suficiente para ser o vilão mais importante da sequência, mas Terrax, O Domador, seria um ótimo inimigo para bater de frente com Drax. Com o seu machado gigante e sua carapaça, Terrax poderia ter um visual incrível dentro do univerdo de James Gunn.

A Marvel pode não conseguir explorar o fato de que Terrax foi o mensageiro de Galactus, mas não há nenhum motivo para que uma força de destruição empunhando um machado não seja uma ameaça preocupante para o grupo de viajantes da galáxia. Terrax tem o poder de controlar pedra e é forte o suficiente para conseguir levitar uma ilha inteira de Manhattan em órbita.

The Badoon




Quando Arnold DRake e Gene Colan utilizaram o lagarto assassino de corrida, criado previamente por Stan Lee e John Buscema, como os inimigos do arco da equipe original que basearia os futuros guardiões,eles começaram uma longa hitóriade conflito entre a raça reptiliana e os protetores da galáxia de amanhã.
Quando os Guardiões originais (Charlie 27, Martinex, Vance Astro and Yondu retornaram para os quadrinhos na série "Guardians 3000") apareceram primeiro, eles se reuniram para libertar a galáxia da praga de Badoon.

Desde então, a Marvel usou Badoon como uma ameaça interláctica que tem atormentado o cosmos em muitas ocasiões. Os assassinos lagartos foram responsáveis pela criação de Korvac e possuem uma hierarquia complexa e estrutural basuada em gêneros que poderiam criar dramas fascinantes se aparecessem no filme.

Magus



É irônico que dois personagens coadjuvantes de Adam Warlock, Drax e Gamora tem destaque no filme dos Guardiões, e o próprio Warlock não é visto. Vimos seu casulo em "Thor: Mundo Sombrio", e novamente na galeria do Colecionador em Guardiões, então um tem que assumir que a sua introdução seria, no mínimo, considerada. E se este é o caso, estaria o seu clone do mal logo atrás dele? Warlock é um salvador da galáxia, um messias cosmico que fará qualquer coisa para proteger o universo.

Magnus é justamente o oposto, um ser feito do puro ego e que quer refar tudo ao seu próprio gosto. Um aspirante a Deus, a ameaça que Magnus poderia trazer para o próximo filme de "Guardiões" poderia rivalizar com a do próprio Thanos. Nas páginas dos quadrinhos, Magnus foi o responsável pela guerra infinita e é uma das maiores ameaças cósmicas da galáxia. Acrescente a isso o fato de que ele é perfeito para a introdução de Warlock e você tem potencial para uma história muito intrigante para James Gunn e companhia.

Ego, The Living Planet



Um planeta gigante com um rosto pode parecer um exageiro para alguns, mas para o destemido Gunn, podemos pelo menos considerar a ideia que ele poderia fazer funcionar nas telas do cinema. Até porque, os fãs compraram a ideia de uma árvore senciente, então porque um planeta senciente. Ego possui uma longa história como uma das maiores ameaças galácticas, um ser cósmico tão mortal e inimaginável que ele (ela?) transcende a natureza boba do conceito. Se Gunn fez a cabeça Celestial gigante  funcionar no primeiro filme, por que não um planeta onipotente com cabelo facial? Ego não é qualquer planeta com uma cara; ele é um planeta com uma cara criado por Jack Kirby, o que por si só torna-o digno de consideração filme.

Annihilus



Outra louco cósmico de Lee / Kirby, Annihilus pode não ser elegível para inclusão em um filme da Marvel como ele tem sido quase sempre considerado um antagonista do "Quarteto Fantástico", mas talvez "Annihilation" mude tudo isso.

Os fãs devem a atual encarnação dos Guardiões da Galáxia a Dan Abnett. Andy Lanning and Keith Giffen são os arquitetos por trás o evento de "Annihilation", que estabeleceu o palco da nova era da cósmica da Marvel, uma época que nos trouxe aos modernos Guardiões.

Annihilus é uma das ameaças cósmicas mais terríveis que os heróis do Universo Marvel já enfrentaram, e ele também é um dos melhores designs de Kirby. Se Annihilus está disponível, é difícil encontrar ameaça maior para os Guardiões enfrentarem. A fome do personagem pela morte e poder é a antítese de tudo o que Peter Quill acredita, e esse tipo de conflito é do que as lendas são feitas.

Loki



Pode-se assumir que a Marvel está procurando por lugares para usar o Loki, sem dúvida a maior estrela de seu universo cinematográfico, e realmente - o quão divertido seria um Loki contra Guardiões filme ser? Ter a chance de ver Tom Hiddleston e Chris Pratt tomando conta do cenário seria incrível.

Loki certamente pode ficar cósmico; A aliança de Loki com Thanos, como visto en"Os Vingadores" da Marvel, é uma parceria bem estabelecida, e enquanto disfarçado como Odin, Loki entregou uma Joia do Infinito para o Colecionador. Uma aparição de Loki poderia trazer os Guardiões mais perto do mainstream Marvel Cinematic Universe,  oferecer aos fãs com um vilão já conhecido e amado e construir diretamente sobre a sequência pós-créditos de "O Mundo Sombrio."

Korvac



Nada diz Marvel cósmica tão alto quanto o inimigo lendário dos Vingadores, Korvac. Criado por Steve Gerber e Jim Starlin, Korvac era a peça central de uma das maiores sagas cósmicas da Marvel de todos os tempos.

Originalmente um fundo vilão sem muito destaque, criado por Badoon (a conexão Guardians aprofunda!) Korvac passou a se tornar uma das maiores ameaças que os Vingadores já enfrentaram.

Durante "The Korvac Saga", o vilão viajou à Terra com poderes divinos, em busca dos futuros Guardiões da Galáxia, acontecendo assim o primeiro encontro entre as duas equipes. Com os rumores persistentes de uma grande reunião entre os Vingadors e Guardiões na tela do cinema, poderia ser a chegada de Korvac na Terra um motivo para que as duas equipes se reúnan?

Seria certamente uma legião de heróis para derrubar esse deus onipotente do espaço. O nome de Korvac está sempre ligado com o lado cósmico da Marvel; talvez o vilão com status próximo de lenda que fará com que ele se torne atraente para o cérebro de confiança Marvel Studios.


Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário