O Mundo Sombrio de Sabrina é o quadrinho perfeito para os amantes de Terror


Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira! Esse título com certeza remonta aos saudosos anos 90, só que desde de Outubro de 2018 que essa frase mudou de significado.

Se você assim como eu é cria dos anos 90, com certeza vai lembrar da personagem Sabrina, que ganhou uma série de TV com a atriz Melissa Joan Hart no papel da protagonista. Essa foi a referência de muitos para a criação da Archie Comics, uma das editoras mais populares dos Estados Unidos, datada do ano de 1939.

A nova geração agora tem como referência uma outra Sabrina. No dia 26 de Outubro de 2018 estreava no serviço de stream da Netflix, O Mundo Sombrio de Sabrina. A nova versão da bruxinha chamou bastante atenção por conta do seu teor sombrio e totalmente diferente do seriado noventista. Para muitos pareceu um remake desnecessário, mas a verdade é que as novas aventuras de Sabrina vieram um pouco antes da série estrear.

A nova versão de Sabrina da Archie Horror tem mais terror e realismo - Imagem: Reprodução internet

Lançado originalmente em 2014, o quadrinho intitulado Chilling Adventures of Sabrina pertence ao selo Archie Horror da Archie Comics, uma vertente da editora focada para o público adolescente com histórias mais complexas e com uma boa dose de Terror. No Brasil o primeiro compilado com as cinco primeiras edições foi lançado pelo selo Geektopia,escrito por Roberto Aguirre-Sacasa (Archie: Mundo dos Mortos, Riverdale), com arte de Robert Hack (Doctor Who, Arquivo X).

A trama da HQ apesar de ser bem parecida com a série de TV apresenta algumas diferenças, começando com a ambientação da história. Aqui Sabrina vive no meio dos anos 1960 enquanto o seriado é pautado nos dias atuais. Sabrina Spellman é uma garota que vive em Greendale junto com suas tias Zelda e Hilda, duas bruxas poderosas que sempre a querem bem. Perto de completar seus 16 anos, Sabrina fica dividida: ela é apaixonada por um humano chamado Harvey, algo inadmissível para os bruxos. Ela precisa escolher entre se tornar uma imortal pela Igreja da Noite ou viver com Harvey perdendo todos os seus poderes e envelhecendo como uma mortal.

Roberto Aguirre consegue guiar a trama em diversos pontos, sempre situando o leitor aonde ele está. A história se divide em épocas diferentes, contando a trajetória do pai de Sabrina e a chegada da sinistra bruxa, Madame Satã. Cada edição é focada em um enredo que se entrelaçam em vários momentos para deixar tudo coeso e de fácil entendimento. O traço pesado de Hack consegue mostrar todo o horror e ambientação decadente da cidade de Greendale.

Capas variantes homenageando os longas Carrie, a Estranha (1976) e Creepshow (1982),
ambos filmes adaptações das obras homônimas de Stephen King- Imagem: Reprodução internet

O Mundo Sombrio de Sabrina é uma leitura de fácil compreensão e bem fácil de ser "devorada", a trama se desenvolve com muita naturalidade e apesar de ser um quadrinho de Terror, deve conseguir agradar outros públicos graças à desenvoltura dos protagonistas e o carisma de Sabrina. Outro ponto que deve ser ressaltado é que em determinado momento do quadrinho, aparecem personagens dos quadrinhos de Riverdale e aqueles que não estão ambientados com tais personagens (mesmo com algumas diferenças da série de TV), podem ficar sem entender porque eles estão ali.

Recheado de referências de filmes e livros de terror, seja explicitamente ou implicitamente, O Mundo Sombrio de Sabrina é uma leitura essencial para os amantes do gênero que buscam um material diferenciado e moderno. Fico agora aguardando o próximo compilado de histórias para saber o que vai acontecer com a bruxa de cabelo platinado e macabra Madame Satã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

author
MEGA HERO
O nosso propósito é compartilhar conteúdo de qualidade e inspirar você a criar.