domingo, 4 de dezembro de 2016

CCXP encerra painéis com trailer exclusivo de Desventuras em Série na presença de Neil Patrick Harris


A CCXP 2016 acabou, mas não antes de encerrar os painéis do auditório Cinemark em grande estilo. A Netflix trouxe várias novidades para o público da conveção e seu painel contou com a participação do elenco da série Shadowhunters, 3%, Sense 8 e o ator Neil Patrick Harris, o protagonista de “Desventuras em Série”, que estreia em 13 janeiro.

Harris, conhecido pelo papel de Barney Stinson em “How I Met Your Mother”, falou sobre seu novo papel como o vilão Conde Olaf e prometeu muitas surpresas, easter eggs e musicais. Ele ainda ressaltou que a série irá se aproximar do tom sombrio do livros e terá menos comédia que no filme de 2004 com Jim Carrey.

Desventuras em série ganhou um trailer exclusivo no painel, que também contou com conteúdo de “Punho de Ferro”, “The AO” e “Star Trek Discovery”, além da confirmação das segundas temporadas de “Luke Cage” e “3%”. Esta, inclusive, pegou os próprios atores de surpresa. Bianca Comparato, Rodolfo Valente, Michel Gomes, Rafael Lozano, Viviane Porto e Veneza Oliveira não esperavam era que, após os pedidos de “renova, renova” do público, era que ele fosse concretizado tão rápido: o VP de marketing na América Latina Vinny Lozato invadiu o painel e confirmou a boa notícia.

Sense8 conquista o público da CCXP 2016 - Foto: Daniel Deak

Parte do elenco principal de Sense 8 foi ao palco após uma cena inédita e exclusiva da segunda temporada. Entre os pontos principais, o elenco ressaltou o trabalho excepcional de Lana Wachowki, além de pontos como viagens a diferentes locações para filmar, cuidados com a saúde, além de lembranças da gravação.

Elenco de Shadowhunters - Foto: Daniel Deak

Os jovens atores de Shadowhunters Katherine McNamara, Matthew Daddario, Dominic Sherwood, Alberto Resende e Emeraude Toubia fizeram um balanço da primeira temporada e falaram sobre expectativas para a segunda.

Por fim, foi exibido o primeiro episódio da série animada, “Trollhunters”, de Guillermo del Toro.

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário