segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Saiba o verdadeiro porquê da Warner Bros. estar preocupada com Batman V Superman


Na semana passada circulou um boato pela internet sobre a preocupação da Warner Bros. com o lançamento de Batman V Superman que assustou os fãs e entusiastas, gerando inúmeras discussões e teorias. Uma dessas fontes, o site Batman on Film, confirma a história, mas dá uma outra ótica não tão alarmante quanto a que foi previamente divulgado pela imprensa especializada.

De acordo com o Batman on Film, a Warner Bros. está sim preocupada com o seu novo lançamento, mas não por causa da qualidade ou conteúdo do filme, e sim de como o público irá responder ao trabalho feito no embate dos dois mais icônicos heróis da DC, além do resultado da Box Office (bilheteria do final de semana).

Ainda segundo o site, existe um questionamento se o público médio dos cinemas, que está acostumado com filmes mais comerciais e com uma grande influência das películas da Marvel, responderá bem à densa história de Batman V Superman: A Origem da Justiça, escrita por um cineasta ganhador do Oscar.

E nesse ponto que está uma das mais discutidas e talvez mais gritante diferença entre a DC e Marvel nos cinemas. Desde Batman Begins (2005), a DC retrata seu colorido universo dos quadrinhos com um tom mais sóbrio, algumas vezes sombrio. Não somente no tratamento das histórias dos heróis e nas tramas construídas, mas também com a questão visual de suas produções. Ou seja, filmes com tons escuros, cinzas e cores esmaecidas.

Depois do sucesso da trilogia Batman de Christopher Nolan, e do filme do Homem de Aço, a DC assistiu a Marvel lançar vários títulos, cativando um público carente de filmes baseados em quadrinhos e caindo nas graças do grande público, que passou a conhecer e gostar dos até então não tão conhecidos heróis, criando um vínculo do público com este novo estilo de filme.

A Marvel, apesar de não trazer uma versão cartoonizada dos seus super-heróis, trabalhou bem seus carismas com apoio de personagens-chave que trazem humor para o universo cinematográfico,  e trouxe interessantes caracterizações visuais destes, o que muito agradou o grande público. Além disso, a Casa das Ideias ainda conseguiu unificar bem todas as suas franquias através de filmes solo e grandes reuniões (Vingadores), criando uma coesão e entendimento geral do público.

No retorno da DC com Homem de Aço é perceptível a continuidade visual que a empresa, juntamente com a Warner Bros., quer dar na sua linha de filmes, mantendo-os com uma estética mais obscura, com histórias mais densas e um universo trabalhado com personagens e tramas mais carregadas.

Com  Mulher Maravilha no filme, e o conhecimento de que o filme solo da personagem está em produção, sabemos que não são as presenças do Batman e de um Superman mais austero, que tornam o universo sombrio. A DC e Warner Bros. continuarão com essa estética e é exatamente isso que as preocupa com este próximo lançamento.

Conseguirá o grande público absorver a densidade de Batman V Superman: A Origem da Justiça e lidar com o estilo obscuro da DC/Warner, sabendo equilibrar as produções mais coloridas e leves da Marvel, ou o futuro da tão sonhada e nunca tão próxima Liga da Justiça nos cinemas será prejudicada pelo novo filme?

Batman V Superman: A Origem da Justiça estréia no dia 24 de Março no Brasil.

Você também pode gostar

3 comentários:

  1. BvS teve uma produção demorada e cara, dizem que passa brincando os 400 milhões, ou seja ele precisa fazer muita grana nos EUA e ultrapassar 1 bilhão ao redor do mundo, tarefa complicada tendo em vista que seus antecessor Man of Steel faturou pouco mais de 660 milhões.

    PS Por favor aumente o tamanho da fonte desse texto!

    ResponderExcluir
  2. A um outro fator se este filme não emplacar, pode servir de alerta tanto para WB/DC quanto para a Disney/Marvel de que o público estaria saturado de filmes de super- herois, o que acabaria por engavetar vários projetos em andamento como sequências, reboots,etc...ou ainda corre-se o risco de arruinar o que a Trilogia de Nolan, fez pelo Batman: o de fazer o público esquecer do "besteirol" do Joel Schumacher...

    ResponderExcluir
  3. Eu não acho certo comparar estilos da Marvel com o estilo da DC, eu quero ver meus heróis no mundo deles, e não em mundo dotalmente igual para agradar somente fã de Bob Esponja, gosto dos filmes coloridos tanto quanto dos filmes mais sombrios, e torná-los tudo igual em um cenário onde o que muda é somente o herói vai cair em rotina e o povo vai saturar.

    ResponderExcluir