quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

DC Comics anuncia novo uniforme e novos poderes do Superman


Por Edimário Duplat

Em um preview da edição #38 da revista mensal do Superman publicada nos Estados Unidos, a DC Comics anunciou que o homem de aço terá a revelação de um novo poder denominado “Supe Flare” (algo como Superclarão ou Onda de Energia). Além disso, o personagem apresentará uma mudança em seu uniforme, reformulado pelo desenhista John Romita Jr.

“Um novo ano traz um novo poder e um novo olhar da equipe criativa formada por Geoff Johns, John Romita Jr. e Klaus Janson na grandiosa conclusão de seu primeiro arco. O confronto entre Superman e Ulysses vai levar o Homem de Aço a um novo extremo” anunciou a editora em resumo publicado no seu site.


Criado em 1938, o Superman apresentava somente dois poderes: Super-Força e Super-Velocidade. Gradativamente, o personagem passou a apresentar novos dons, como Visão de Raio X, Invulnerabilidade (ambos em 1939), Voo (1941) e Visão de Calor (1949).

Não oficialmente, o herói já apresentou durante seu período de existência outros dons pontuais, como facilidade de memorização, entendimento de idiomas, super voz, telecinese, hipnose e super-ventriloquismo. Além disso, também já foi visto com um grande fator de cura e inteligência mais eficaz que a de supercomputadores. Entretanto, nenhuma dessas habilidades foi realmente efetivada durante a sua história.

Nos últimos anos, diversos autores têm enfatizado a possibilidade da extensão das habilidades do Superman com a absorção de grandes doses de energia solar. Na saga DC Um Milhão, a Liga da Justiça acaba sendo convocada para o Século 853, onde os heróis do futuro esperam o retorno da versão futura do Homem de Aço, que além de viver dentro do Sol e ter um corpo totalmente dourado, tem ampliado não só as suas habilidades como a de todos os seus descendentes. Já na minissérie Grandes Astros Superman, Kal-El sofre uma sobrecarga celular após absorver grandes quantidades de energia, despertando novos dons em seu último ano de vida.


Entretanto, nenhuma dessas histórias teve tanta repercussão quanto à fase vivida pelo personagem no ano de 1998. Depois de ter esgotado os seus poderes durante a saga Noite Final, Clark Kent não consegue mais absorver energia do sol amarelo e acaba passando por uma experiência que o transforma em um ser de energia. Dessa maneira, o “Superman Elétrico” perde a sua super-força e passa a ter os poderes de intangibilidade, manipulação de energia, velocidade próxima à da luz e controle de equipamentos eletrônicos. Entretanto, a sua vulnerabilidade se torna mais grave, pois quando “desliga” os poderes e se transforma em Clark Kent, torna-se um humano normal e suscetível a qualquer mazela sofrida por um homem comum.


Em relação ao uniforme, o visual de “armadura” criado por Jim Lee ao início dos Novos 52 será substituído por uma roupa que lembra o visual clássico, mas que não deixa de seguir o pensamento moderno que a editora planeja para o personagem. Com isso, os destaques ficam por conta da fivela amarela do cinto, novas botas e mangas compridas que formam uma quase-luva.


Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário