quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Review | The Flash: "Gorilla Warfare" (S02E07)


Com mais um episódio da temporada de Flash e cada vez mais próximos do midseason finale, finalmente tivemos o retorno do impressionante Grodd, chegando como o primeiro grande adversário da Terra 1 na segunda temporada.

Atenção, a Review à seguir contém Spoilers!!!

O episódio da semana chega após o imenso impacto da aparição de Zoom em "Enter Zoom".  Como era de se esperar, o embate (ou o massacre) com o velocista negro da Terra 2 deixaram Barry completamente acabado, tanto física, quanto emocionalmente. E a medida que o episódio avança, vemos que as consequências sobre o emocional de Barry ultrapassam e muito as sequelas físicas do confronto.

E é exatamente dessa fragilidade mental de Barry que o sétimo episódio da temporada tirou sua principal fonte. Por mais que o destaque imediato tenha sido o retorno de Grodd, a sua real participação serviu como plano de fundo para marcar a reconstrução emocional de Barry.

Naturalmente, após perder da maneira como perdeu para Zoom, a moral de Barry não poderia estar mais baixa, principalmente após ter sido mostrado como um troféu pelos principais pontos de Central City. E não que ele já não tenha passado por outras crises sobre seu papel como herói, mas essa definitivamente o marcou mais por ocorrer logo após a entrega da chave da cidade ao Flash.

Com sua capacidade de derrotar Zoom em cheque (colocada por ele mesmo, por sinal), Barry precisou de muito mais do que a já frequente ajuda de Joe e Iris para superar essa crise, o que cominou com o retorno de Henry Allen (John Wesley Shipp) desde sua aparição no primeiro episódio da temporada. Além da presença calorosa de John Wesley Shipp ser sempre bem-vinda na série, o próprio papel de Henry Allen sempre vem a contribuir muito para o desenvolvimento de Barry, e dessa vez não foi diferente. Utilizando-se de suas próprias experiências, Henry foi capaz de trazer palavras inspiradoras ao seu filho, não funcionando apenas como um motivador, mas principalmente como uma base para a superação da derrota por Zoom e um fortalecimento para desafios futuros.

Henry se une a Joe e Iris para ajudar Barry - Foto Reprodução Episódio

A chegada de Henry foi, sem dúvidas, de excelente tom, pois possibilitou a Barry não estagnar nos erros passados, mas seguir para enfrentar as adversidades futuras. E esse é um dos pontos que deixam a série interessante, pois sempre estamos a ver um desenvolvimento gradual e saudável do herói, não passando episódio atrás de episódio remoendo os mesmos problemas.

Mas mesmo diante dessa jornada emocional, a aparição do Gorila Grodd não foi nem um pouco ofuscada. Assim como na sua estreia na primeira temporada, a presença de Grodd continua a ser impressionante. O vilão não só é extremamente ameaçador e grotesco, como também apresenta uma série de possibilidades e alcances emocionais. É possível ver claramente que existe um desenvolvimento de seu intelecto, o que fica cada vez mais visível através de suas ações e expressões faciais bastante variadas. Sua gradual evolução também contribui muito para aumentar o nível de ameaça que ele representa para o Flash, o que me deixa curioso e esperançoso sobre o que pode vir por ai para o personagem (que merece SIM mais tempo de tela!).

Um ponto para se destacar com a figura de Grodd é o detalhamento técnico dado ao vilão. Trabalhar com personagens inteiramente em CG em uma série de televisão certamente não é algo fácil de se fazer, mas isso não é algo que vem impedindo a produção da série. O nível de qualidade do CG de Flash é de se aplaudir, pois há uma fluidez no que vem sendo apresentado até agora e isso é muito bom para compor a série como uma obra completa.

Em um ponto menor, o episódio também serviu para solidificar a relação entre o Wells da Terra 2 e toda a equipe Flash. Há que se concordar que sua participação confrontante com a equipe já estava se tornando demasiadamente problemática, então é bom ver que isso se resolveu momentaneamente, o que definitivamente irá se provar frutífero para um confronto futuro com Zoom.

Por fim, "Gorilla Warfare" também serviu para desenvolver o subplot da relação entre Barry e Patty, deixando claro que sua identidade como Flash não poderá se manter secreta por muito mais tempo se ele realmente quiser manter esse relacionamento.

Conclusão:

Após os altos níveis impostos no episódio da semana passada, "Gorilla Warfare" chega surpreendentemente sólido, trabalhando bem com as consequências de um dos mais perigosos confrontos de Barry. E apesar de não ter sido excepcional, o sétimo episódio da temporada acabou sendo bastante agradável, marcando um forte retorno para Grodd e novamente mostrando alguns easter eggs como a breve aparição da Cidade Gorila.


Você também pode gostar

Um comentário: