quarta-feira, 20 de março de 2013

Kyoryuger | Review do quarto episódio

O episódio continua com a apresentação dos personagens. O foco agora é  no KyoryuBlack, também conhecido como Ian. Novos poderes são desbloqueados e uma história triste permeia o passado do guerreiro mulherengo. Atenção! Contém spoilers.




Zyuden Sentai Kyoryuger - Brave 04 –  Disparar! O Corajoso Gaburevolver (S37E04)
(Rising Sun Tokusatsu)

Primeiro Review - por Inui Takumi e Alexandre Teixeira


Ian Yorland, também conhecido como KyoryuBlack, é o último a revelar sua identidade. Como foi mostrado nos episódios anteriores, ele é o único que parece valorizar sua vida privada. Sempre rodeado de mulheres, isso mostra um pouco de o porquê ele querer sua privacidade intacta. Porém Daigo suspeita que exista algo por trás disso tudo.

O mulherengo Ian Yorland é o foco do quarto episódio
Quando Ian está perto de uma joalheria, ele escuta o grito do gerente e parte para ver o que está acontecendo. Ele acaba se deparando com Debo Dorondos. Ian reconhece a capa de Dorondos imediatamente e o começa a atacar, em um acesso de raiva. Logo em seguida o restante da equipe chega para auxiliar Ian na luta. Duranto a luta Doronbos usa Daigo como escudo o que impede que Ian atire, nesse momento ele acaba tendo um flash back. Ele acaba deixando sua arma cair e começa a surtar em seguida, o que confirma as suspeitas de Daigo, em relação a Ian.


O Kyoryu Black tem o seu passado mostrado em "Brave 4"
Mais tarde Daigo enfrenta Ian, depois disso, Ian desiste e resolve contar sua história. Ian costumava ser um caçador de tesouros, junto com seu amigo Shiro Mifune (interpretado por Kenji Ebisawa, que interpretou o Go-On Black) e estava em uma missão para encontrar uma pedra antiga. Quando iriam encontrar o item, foram interceptados por Doronbos, que capturou Shiro e o usou como escudo, assim como fez anteriormente com Daigo. Em uma situação semelhante com a de antes, Ian é forçado a atirar para tentar salvar seu amigo. Ele erra o tiro e não consegui acertar Dorobos, que aproveita a chance para atacar Shiro e logo em seguida Ian, que acaba sendo atirado de um penhasco. Torin encontra Ian e lhe entrega o Gaburevolver.

Daigo da alguns conselhos a Ian. Falando que a menos que ele supere esse obstáculo e acerte o tiro, nunca poderá seguir em frente e sempre ira lamentar o que aconteceu com Shiro. A verdade para Ian acaba sendo dolorida, porém ele percebe o que realmente precisa fazer. Daigo é capturado pela segunda vez, porém dessa vez, Ian consegui acertar o tiro. É a primeira vez em que todos os cinco estão reunidos como uma verdadeira equipe.

Com isso temos o fim do primeiro arco de Kyoryuger, que se baseia em contar um pouco sobre a vida de cada um dos personagens. Porém ao que pareceu, Ami não foi muito explorada, já que sua vida foi mostrada no mesmo episódio de Nobuharu, que teve muito mais atenção. Ela acaba se assemelhando um pouco com a Ahim de Gokaiger, que só teve sua história contada perto dos episódios finais.

Primeira transformação com os cinco juntos
A primeira impressão que se tinha de Ian é que ele mantinha distância apenas por motivos egoístas, o que acabamos descobrindo com esse episódio, que não é verdade. Ele evita se aproximar demais das pessoas, com medo de que um dia as possa perder. Ele tem medo de perder outro amigo, devido a uma falta de confiança, e para alguém que parece viver a vida despreocupado, isso acaba se tornando algo inesperado.

Ao que parece, os Debos estão tramando algo realmente grande. A capa que Dorobos usa, foi dado a ele por Aigallon, um dos Generais Debos. Não se sabe se foi ele quem ordenou a Doronbos que mate-se ou não Shin, mais ao que tudo indica, ele estava atrás da pedra antiga e esse seu plano está sendo escondido de Chaos.

Kentrospiker é a união das cinco armas
Para terminar, é bom falar sobre a mnova formação do mecha. Junto com o Parasagun de Ian, e o Zakutor de Souji, eles conseguem usar a nova forma do Kyoryuzin, o Kyoryuzin Western (pistoleiro). A cena de montagem do mecha e até da luta é mudada. Agora ao fundo podemos ver um por do sol, o que lembra muito os filmes de faroeste. Alguns tiros na cena são realmente incríveis, com as miniaturas muito bem colocadas e impressionantes ângulos de câmeras. Ainda não podemos dizer se essa nova cena em que o Kyoryuzin aparece vai ser fixa para essa forma. O jeito vai se esperar para e acompanhar nos próximos episódios.

Particularmente falando, esse foi o segundo melhor episódio até agora. Perdendo apenas para o episódio três, que é focado em Souji. Apesar da história de Ian ser emocionante e comovente, a de Souji tem um impacto maior, por ser uma relação de pai e filho.

Kyoryuzin Western faz a sua primeira aparição
Me despeço de vocês por agora, semana que vem temos mais um review do Kyoryuger, com o episódio “Brave 05 – Boom! As Cáries de Ankidon!”

Você também pode gostar

0 default-disqus:

Postar um comentário