domingo, 17 de fevereiro de 2013

Kyoryuger | Review do primeiro episódio

Ontem estreou o 37º Super Sentai. Zyuden Sentai Kyoryuger é o sucessor de Tokumei Sentai Gobusters e tem como obrigação manter o nível de adrenalina dos últimos Sentais. O primeiro episódio foi bem promissor e abaixo você confere duas resenhas para o mesmo capítulo.


Zyuden Sentai Kyoryuger - Brave 01 – Vamos Lá! O Rei Vermelho! (S37E01)
(Rising Sun Tokusatsu)

Primeiro Review - por Aoi Kurenai

O primeiro episódio de Zyuden Sentai Kyoryuger atingiu um meio termo muito bom, deixando aquele leve gostinho de “quero mais”. Não pelo fato de não ter tido o suficiente, mais sim por ser um episódio realmente bom.

Cena do primeiro capítulo de 'Kyoryuger'
O primeiro episódio está focado em Daigo, o personagem principal. O episódio mostra o que ele precisa fazer para se tornar o KyoryuRed, fazendo uma breve referencia a Alata (Tensou Sentai Goseiger) e a Sosuke (Engine Sentai Go-Onger). Na primeira parte do episódio, a uma quantidade significativa de falar, e não possui muita ação. Exceto quando Daigo tem que correr do ataque do tiranossauro. Tirando isso, essa primeira parte é mais para fazer uma construção da série.

A segunda parte do episódio é onde temos a ação propriamente dita. Temos uma grande luta entre Daigo e seus inimigos, o que o leva a formar uma parceria GabuTyra. Em um momento, Daigo consegue derrubar um monstro, por contra própria. Daigo é muito divertido de se assistir. Ao que parece, o ator está realmente se divertindo com as cenas de luta, o que deixa o telespectador ainda mais encantado e que não torna o episódio tão “massivo”.

Quando o restante da equipe aparece, meio que se perde o interesse pela luta solo de Daigo. Os ângulos de disparo das armas foram muito bons, principalmente o zoom que deram no KyoryuBlue, no momento em que ele atira.

Dinossauros retornam pela terceira vez em um 'Super Sentai'
Algo interessante de ser notado é que as lutas do Kyoryuger não são muito diferentes das do Go-Buster. Houve uma transformação em tempo real, uma grande batalha acontecendo com dois monstros. Para os fãs de Go-Buster, isso realmente foi um grande presente e acabou deixando o episódio ainda melhor.
A impressão que da nesse episódio é que Kyoryuger tenta fazer o que Go-Buster queria fazer.

Considerando que Go-Buster queria ser um diferencial, com sua temática de espionagem, Kyoryuger, até agora, parece exercer essa mesma diferença visual e temática. O primeiro episódio é perfeitamente equilibrado, que pode vir a se tornar um “tiro no escuro” para fazer os Sentais voltarem com tudo.

Uma grande aposta dessa série é ver o que vai acontecer quando Fukuzawa e Sakamoto trabalhamo juntos. O que da para perceber é que as cenas de luta na pedreira são uma combinação das cenas de luta que Fukuzawa costuma filmar, com as jogadas de câmera que Sakamoto faz.

Daigo é o novo red do momento. Seu espirito energético, dinamizou o primeiro capítulo
Outro ponto que parece ter agradado muito os fãs é o fato dos produtores esconderem as verdadeiras identidades dos membros. Fazendo com que eles não se conheçam em quanto não estão lutando. Um exemplo disso é quando Amy vai atender Ian, eles não têm a mínima ideia de quem são. Quando Daigo chega e diz que é o quinto membro da equipe, todos ficam sem entender, e estranham ele só ter aparecido agora. Daigo é o primeiro membro a mostrar sua verdadeira identidade aos outros. Na próxima semana parece que teremos a revelação de Amy e Nobuharu. Riku Sanjo pode vir a se tornar um dos grandes escritores de Sentai.

Segundo Review - por Inui Takumi

Houve uma grande expectativa em torno do primeiro episódio. A pergunta que não quer calar é: Será que esse Sentai ver bom o suficiente para fazer a franquia se reerguer? A impressão que temos é que os produtores fizeram essa nova série mais divertida e emocionante, para poder concertar o “erro” que cometeram com Go-Buster. Porém ainda não podemos ter certeza disso. Vamos esperar e ver como vai ser. O que podemos dizer é que o primeiro episódio começou e terminou com um grande estrondo.

Mas essa é justamente a intenção dos primeiros episódios. Chamar o maior número de atenção dos telespectadores, para que eles comprem os brinquedos da série e comecem a acompanhar semanalmente. É uma jogada de marketing para poder julgar o sucesso ou fracasso da série, baseado em como vai ser depois da estreia. Um lado bom é que o espectador começa a se sentir como o personagem, principalmente nas cenas de lutas. Com esses dois aspectos, é justo dizer: Muito bem, Kyoryuger!

Novo armamento movido à baterias poderosas!
Pela primeira vez em cinco anos, temos um Sentai Red que não tenha recebido seus poderes logo de começo. O que da para notar que o Daigo sabe o que são os Kyoryuger e está ansioso para se juntar a equipe. Ele tem muita energia e está pronto para lutar. Ele aparenta ser um pouco arrogante, porém não de uma maneira ruim. Ele não tem medo de se jogar de cabeça e é muito confiante em relação a sua força, isso antes e depois dele receber seus poderes. Isso já foi feito muitas vezes antes, mais por causa de Hiromu/Red Buster, ele se prontou para mostrar seu potencial. Também tem haver com a forma em que o ator retrata o personagem. Ele claramente se encaixa no projeto e está com muita energia em relação ao personagem.

Não podemos falar muito ainda sobre o restante do elenco, já que eles aparecem em poucas cenas no primeiro episódio. Ian/KyoryuBlack é tirado a bad boy, Nobuharu/KyoryuBlue parece ser um faz-tudo desajeitado. Não sabemos muito ainda sobre Souji/KyoryuGreen e Amy/KyoryuPink, só que Amy tem um chute muito poderoso. O próximo episódio parece que vai se concentrar mais em Nobuharu e Amy, então poderemos descobrir mais sobre os dois na próxima semana. Os vilões são até mais coloridos do que os que tivemos nos últimos tempos, especialmente após Enter e Escape. E esperamos que eles não sejam derrotados igual à Zangyack.

KyoryuRed e o poderoso GabuTyra
Um fator que acaba chamado atenção mais do que os personagens e a história, são as cenas de luta, que parece lembrar as cenas de ação de Go-Buster. Apensar dos altos e baixos de Go-Buster, Hirofumi Fukuzawa fez muito bem as cenas de ação. Assim a colaboração dele como diretor de ação e Koichi Sakamoto como diretor principal deu a série uma alavancada muito boa. O que alguns fãs de Sentais que viram esse primeiro episódio relatam é que as cenas de ação realmente foram muito boas.

As cenas de luta com os cinco membros não são tão atraentes, ao que parece, os fãs gostaram mais da luta solo de Daigo. Já que as cenas mais legais da série foram mostradas nas promos. Mas o que da para notar é que eles estão sabendo colocar a dose certa de cena de ação em cada episódio. O que pode ser bom para a franquia dos Sentai, ou para os Tokusatsus em geral. Já que as lutas estão caminhando para uma direção mais estilizada e intricada. Fora algumas séries, na maior parte do Sentais, as lutas não conseguem ter um funcionamento dinâmico, a não ser nos episódio de estreia ou em um episódio clímax. Go-Buster conseguiu mudar isso, já que em quase todos os episódios acontecia algo totalmente novo e interessante, junto com as cenas de ação. O que todos esperamos é que isso continue em Kyoryuger.

Falando um pouco dos mechas, as batalhas envolvendo mechas em Go-Buster não eram cansativas ou algo de apenas uma vez. Algumas cenas da luta entre GabuTyra e um monstro lutando em um conjunto detalhado de maquetes são realmente admiráveis. Os ângulos de câmera são muito bons, com direito a muitos destroços voando ao redor, faz com que você acabe mergulhando de vez na batalha. Graças a isso é possível dizer adeus ao velho estilo de lutas com mechas nos Sentais. O modelo do GabuTyra ou dos outros mechas ainda não apreciado por alguns, porém vamos ver se com o decorrer da série, eles sejam apreciados.

Juntos eles são os 'Kyoryugers'
Para um primeiro episódio, Kyoryuger foi muito bom. Houve um grande ritmo na série, como mencionado antes. Daigo pode vir a se tornar um Sentai Red, que fará a franquia se reerguer totalmente. Apesar da aparência, Kyoryuger pode ser uma ótima série.

Você também pode gostar